[Resenha] - Apenas Um Ano - Gayle Forman


ISBN-13: 9788581636719
ISBN-10: 8581636713
Ano: 2015 / Páginas: 352
Idioma: português 
Editora: Novo Conceito


Apenas Um Ano é a continuação de Apenas Um Dia; portanto, se você ainda não leu o primeiro volume não leia esta resenha.

Depois de passar um dia em Paris com Lulu, Willem acorda em um hospital confuso e com lapsos de memória. Sua cabeça dói e a única coisa de que consegue se lembrar é que tem alguém esperando por ele em algum lugar. Depois de muitos exames, Willem começa a se lembrar do dia anterior e da garota que ele apelidou de Lulu e que ele precisa encontrar. Ainda desorientado, decidir ir a Paris a procura dessa garota que ele não lembra aonde deixou. 
Ao perceber que Lulu partiu, Willem não sabe como reagir. Acostumado a ter garotas sempre por perto, ele não compreende porque está tão preocupado com essa menina e porque faz tanta questão de encontrá-la. 
Em um grande conflito interno, Willem se vê diante do inimaginável: aquela garota, que sequer tem nome - já que Lulu foi um apelido que ele lhe deu - mexeu com o rapaz mais do que desejava. Decidido a encontrar a garota misteriosa, ele parte em um jornada em busca de Lulu, e principalmente, de si mesmo,  usando apenas pistas que encontrou de uma conversa que teve com ela.

A medida que o ano vai passando, percebemos o amadurecimento do personagem, conhecemos sua história e por isso conseguirmos entender o motivo pelo qual ele parecia tão distante e misterioso em apenas um dia. Willem passou por uma fase difícil e seu jeito de escapar de todos os problemas foi usando as garotas. O rapaz nunca esteve apaixonado de verdade, por isso Lulu é tão importante pra ele. Ela fez em apenas um dia o que nenhuma outra havia conseguido e agora ele tem poucas pistas para encontrá-la. 
Ao contrário do ele pensa, a garota que ele levou a Paris não foi o motivo dos seus problemas, mas o início do recomeço, onde ele poderia colocar sua vida de volta ao lugar, retomar sua relação com a mãe e descobrir sua verdadeira vocação para a atuação.
"Toco a campainha de olho. Ninguém atende. Não faço ideia de quem vive aqui agora. Passei uma mensagem de texto para Broodje, do trem, a caminho daqui, mas ele não respondeu. Então eu me lembrei de que ele está em algum lugar no meio do Egeu. Com Candace. Cujo nome ele sabe, cujo número do telefone e endereço de e-mail ele pegou antes de deixar o México."
Como a gente leu Apenas Um Dia, sabemos que eles vão se encontrar, e é isso que deixa o livro mais emocionante. É incrível ler as partes em comum e perceber que eles estavam perto muitas vezes e não se encontraram.
Apenas Um Ano é um livro forte, emocionante e enriquecedor, os conflitos que Willem vive são realmente intensos e nos fazem pensar o que faríamos se estivéssemos no lugar dele. A escrita de Forman continua incrível, mostrando que ela é realmente uma escritora magistral. Mas devo alertar que o livro é mais sobre o ano que Willem teve após o encontro com Lulu, ou Allyson como nos sabemos,  do que sobre o reencontro em si. 

Li esse livro em três dias, e pra mim isso é sinônimo de 'livro bom', porque quando estamos envolvidos na trama, ficamos loucos para saber o que acontece no final. Com certeza é um livro que recomendo! Teve momentos que fez meu coração pular. É uma ótima pedida pra quem adora um romance, mesmo quando o casal principal está separado por um ou talvez até dois oceanos.


Compre esse livro:


PS: Existe mais uma continuação chamada Apenas uma noite, mas ainda não temos tradução nacional. Vamos torcer para a Novo Conceito nos trazer esse presente rapidinho :)

Um comentário:

  1. ai ainda estou mais ansiosa ....quando o apenas um dia acabou como acabou eu quase me desesperei!!! Tinha de ter continuação!!! Ansiosa agora para ver a perspectiva dele. Sinto que o conheço tão pouco. já agora amei o blog...nova fã! :)

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.