[Resenha] - Dorothy tem que morrer - Danielle Paige




ISBN-13: 9788579802737
ISBN-10: 8579802733
Ano: 2016 / Páginas: 384
Idioma: português 


Amy é uma adolescente problemática do Kansas. Ela foi abandonada pelo pai e sua mãe é uma alcoólatra que não tem condições de cuidar da filha. Elas moram em um trailer e por isso e outros motivos todos na escola a chamam de Amy Esmola. A garota não tem amigos, namorado e nem ninguém que pode realmente contar, sua única boa lembrança é quando a mãe lhe apresentou o filme do Mágico de Oz e ela ficou encantada. A partir disso Amy leu todos os livros e sabia detalhes sobre a história da menina que morou no mesmo lugar que ela.
Numa tarde qualquer a TV alerta a população do Kansas sobre um tornado que está se aproximando, ninguém realmente acredita nisso, mas dessa vez é real. Quando Amy percebe já é tarde demais pra procurar um local seguro e o trailer já está dentro do tornado. 
Parecendo uma grande piada, exceto que ela realmente está voando, Amy é jogada para um terra distante, mas que não tem nada a ver com a OZ de que ela está acostumada nos livros e filmes, e nem poderia ser, afinal é só um livro.
Mas a medida que Amy avança naquela terra completamente desconhecida ela começa a perceber elementos muito particulares da OZ que ela tanto leu, porém logo ela percebe que está diferente, sombria.

Logo Amy começa a conhecer as pessoas daquele local e descobre o motivo pelo qual OZ não está como nos filmes: DOROTHY. A história não terminou como nós conhecemos. Ela voltou do Kansas porque não era reconhecida pela sua façanha, ela gostou de ser famosa. Se tornou princesa de OZ e sua sede por magia modificou seu caráter. O Leão agora estraçalha os vilarejos porque ele tem fome do medo das pessoas. O Homem de lata tem um exercito de lata e segue fazendo-se cumprir todas as leis de Dorothy, o Espantalho tem um laboratório demoníaco onde quem entra jamais sai inteiro. Ele quer ser mais inteligente do que todas as pessoas de OZ, nem que pra isso ele tenha que tirar toda inteligencia do cérebro das pessoas. 
Amy logo conhece a fúria de Dorothy e acaba se comprometendo com a Ordem Revolucionária dos Malvados, uma sociedade composta pelas bruxas más sobreviventes de OZ, elas querem apenas uma coisa: Matar Dorothy. E para isso elas começam a treinar Amy com tudo o que OZ pode oferecer e logo ela está completamente pronta. Mas a garota do Kansas fica cada vez mais confusa porque ela não sabe em quem confiar. Por que ela deve acreditar nos malvados? Por que ela tem que matar Dorothy? Quem trouxe ela até o Kansas? Quem realmente é o bem e o mal?


Em Dorothy tem que morrer nós desconstruímos a OZ de Frank L. Baum e partimos para um outro mundo, com personagem conhecidos mas que não sabemos quem são, capazes de tudo em nome da magia. Em um momento você não acredita que seus pequenos heróis são capazes de tantas maldades e no segundo seguinte Danielle Paige já te convenceu da obscuridade por trás de Dorothy e seus amigos e você realmente passa a acreditar que a história dela é real. Uma narrativa envolvente através dos pensamentos de Amy que além de ter se metido em uma baita enrascada ainda tem que lidar com suas emoções e a grande quantidade de rejeição que sofreu durante toda sua vida. 

Uma das coisas mais interessantes do livro é que você encontra personagem que você já conhece, mesmo que eles tenham mudado um pouco a personalidade. Em determinado momentos você se pergunta onde está o Mágico, o Totó, a bruxa boa do norte e logo eles aparecem deixando você de queixo caído. Cada elemento que faz referencia a verdadeira OZ, ou a que você pensa que é verdadeira, e te dá aquele arrepio nostálgico. 
O fato de Amy, assim como nós, não saber o que acontecer com OZ é muito positivo, porque é o momento onde a autora introduz todo o universo criado a partir do momento que Dorothy voltou pra OZ, assim como Amy, nós também vamos descobrindo coisas ao longo da narrativa. Essa onda de mistério que fica durante o livro quase todo dá te dá aquela vontade de não largar o livro até terminar. Mas não pense que terminou aqui, ainda tem mais três livros na saga, sendo que o último ainda não foi lançado. No Brasil somente Dorothy tem que morrer foi lançado. Espero realmente que a ROCCO continue lançando o resto da saga.

Você não pode deixar de comparar Dorothy com Amy, elas parecem tão diferentes e tão iguais ao mesmo tempo. As duas vieram do Kansas, através de um tornado, Amy precisa salvar OZ exatamente como Dorothy já fez. Enquanto a Dorothy que conhecemos era meiga e inocente, Amy é determinada e imponente. 
Antes, a gente tinha uma Dorothy doida pra voltar pra casa. Agora, temos um Amy doida pra nunca mais precisar voltar. 

Veja a resenha em vídeo:






5 comentários:

  1. Olá Carol!
    Li e adorei a obra original. Apesar de ter gostado da sua resenha acredito que eu não gostaria do livro. Tenho um certo pé atrás com esse tipo de obra que pega algo já consolidado e reescreve. Mas para quem não tem essa minha cisma minha parece ser uma leitura divertida hehe
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thalita!!! Então, na verdade não é um reescrita da obra original, a história se passa depois do final do Mágico de Oz que a gente conhece! Mas eu entendo o que você quer dizer, tem livro que eu não leio também por esses motivos. Mas esse eu gostei bastante.

      Excluir
  2. Oi,

    eu li esse livro em inglês bem antes de chegar no Brasil e fico feliz que a saga está chegando aqui! Eu achei a obra incrível, criativa e emocionante. É bem legal quando vemos uma história tão conhecida ser recontada de modo diferente e eu adorei a Amy e seus dilemas!

    Beijos!
    Participe do sorteio e concorra ao livro O Menino Que Desenhava Monstros
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ana!!
      Você leu todos os livros já lançados? Estou tentando ler o segundo em inglês mas estou sofrendo um pouco ehehehe não consegui esperar chegar aqui ahahha

      Excluir
  3. Alguém tem como me explicar uma coisa? Tipo a Amy tem quantos anos? Eu tô lendo e não tem nada falando da idade dela, aí não sei se shippo ela com o Nox, a cor dele é verde?

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.