SEMANA EU AMO NACIONAIS : Entrevista com autor

Queridos leitores, no dia de hoje traremos um entrevista exclusiva com a autora L.L.Alves, que estará na Bienal Internacional do Livro em São Paulo nos dias 23 e 24 de agosto às 15h no estande da Modo. 



1- Conte um pouco sobre seu novo livro! (Mudanças)

Mudanças é um romance para todas as idades. Lida com as mudanças, medos e inseguranças que passamos na adolescência e que apenas entenderemos anos depois. Trazendo em cada capítulo um novo “passo” a seguir, trabalho com dilemas familiares e amorosos. Verônica, a protagonista, é uma garota explosiva e que não pensa nas consequências de seus atos. Logo após se separar de Jonatas, um rapaz problemático, ela começará, aos poucos e com a ajuda de Carlos, seu novo amor, a compreender sobre a vida e suas ações. É um livro leve, com o objetivo de fazer os leitores mais velhos se relembrarem de sua juventude; e dos mais jovens compreenderem que um dia tudo vai melhorar, basta ter esperança e seguir caminhando.

2- Você estará na Bienal dia 23 e 24 de agosto, o que espera desses dias?

É difícil dizer o que espero, porque nunca participei de um evento desse porte, mas sei que será muito divertido e especial. Espero, principalmente, conhecer e abraçar bem forte muitos amigos e leitores que tenho contato apenas virtualmente.


3- Você acredita que a Bienal pode ajudar na divulgação da sua obra? Como?

Acredito que sim. A Bienal é um evento que reúne muitos autores, sejam nacionais ou internacionais, e principalmente leitores de todo o canto do país. É uma oportunidade única de fazer nossos livros serem mais conhecidos, principalmente pelo número de pessoas que vão estar lá. É claro que isso também traz um ponto negativo: são inúmeros atrativos. No entanto, creio que participar de um evento assim apenas ajude o autor, mesmo que às vezes em uma pequena proporção.


4- Você gosta de livros nacionais? Algum te inspirou em suas estórias?

Sim, adoro! Minhas últimas leituras foram livros nacionais e estou sempre me surpreendendo com o talento dos meus colegas. Como eu escrevi a maioria dos meus livros antes de ter mais contato com a literatura nacional contemporânea, não há nenhum em específico que tenha me inspirado. No entanto, adoro os livros e contos da Priscila Boltão, principalmente Segunda Chance que também vai estar na Bienal. Há diversos outros autores, como a Lhaisa Andria, por exemplo, que me inspiram no gênero fantasia e a Fabiana Cardoso, no gênero policial.


5- Qual é sua opinião sobre o mercado literário em relação aos nacionais?

Atualmente estou um pouco decepcionada com o mercado literário. Nessa minha segunda publicação, vejo um pouco de descaso no geral, e poucas chances para o autor nacional se sobressair e não desistir na metade do caminho. No entanto, ainda tenho esperanças de que vá melhorar. Percebi que nos últimos anos está se tendo um interesse maior nos nacionais, principalmente pelos leitores, e isso me anima quando a vontade de desistir aparece.


6- Como os blogs literários ajudam na divulgação dos escritores nacionais? Você tem experiências com isso?

Sim, tenho experiência. Desde 2010 tenho entrado em contato com blogs literários e noto como eles têm um papel fundamental para o autor nacional, sejam através de resenhas ou divulgações simples. Ou seja, o blogueiro é uma peça essencial entre o autor e o leitor. É difícil explicar como acontece, mas sempre que o blogueiro ajuda na divulgação de um autor nacional que tem poucos meios de se “mostrar” pelo Brasil afora, são mais possíveis leitores que comprarão e conhecerão suas obras. Tenho apenas a agradecer por todos os blogs que já me apoiaram e ainda apoiam, porque sei que não teria alguns leitores não fossem por eles.


7- Você acredita que os leitores são preconceituoso com os Nacionais? Por quê?

Sim, infelizmente ainda sim, mas não podemos generalizar. O que eu vejo é uma divisão entre leitores que compram seus livros em livrarias pela opinião do vendedor ou por um site com um desconto imperdível, e leitores que procuram se informar mais, seja acompanhando blogs ou navegando nas redes sociais. Hoje em dia não vejo mais o preconceito que via antes – graças a Deus rs – mas ainda existe. Acredito que daqui alguns anos os nacionais serão tão valorizados quanto os internacionais, no entanto, o mercado ainda tem muito a mudar.


8- Qual seu maior sonho como escritora?

Meu sonho é viver da escrita. Porque, afinal, ser escritor também é uma profissão e é a única coisa que eu me vejo fazendo com amor e afinco pelo resto da minha vida. Apesar de ser difícil – poucos conseguiram até o momento – eu tenho esperança e continuarei lutando para chegar lá.


9- Depois de Mudanças, já tem algo em vista, novas obras talvez? Conte-nos tudo!

Sim, várias! Pretendo terminar de revisar e publicar a minha saga fantástica Instituição para Jovens Prodígios, e meu chick-lit As GRANDES Aventuras de Daniella, e disponibilizar pelo Wattpad meu romance chamado Sebo Fernandes. Os projetos são diversos, e estou sempre trabalhando em vários ao mesmo tempo – inclusive escrevendo alguns contos no meio do caminho. O escritor nunca para!



Você pode conferir a resenha do livro Instituição para Jovens Prodígios - A seleção de autoria da nossa entrevistada clicando AQUI

Confira abaixo uma pequena degustação do livro:



Fique por dentro de todas as novidades de L.L.Alves nos links abaixo:



Fanpages:
Twitter: @LueneLAlves
Livro A Seleção cadastrado no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/294797

2 comentários:

  1. Queria comprar mais livros nacionais, só que os preços doem no bolso =( , tenho de me contentar com os que consigo em promoções. Isso que dá ser pobre, vou falir comprando livros rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Mas isso também é falta de ajuda das editoras! Se não cobrassem tão cado para o autor publicar, ele não precisaria vender tão caro e certamente venderia mais!

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.