Ser leitor virou sinônimo de consumismo exagerado?

Me assusta quando entro nos meus grupos do facebook sobre leitura e vejo aquelas fotos de estantes repletas de livros não lidos. Me assusta toda vez que alguém diz que tem 30 livros não lidos na estantes, ou que tem ciumes de emprestar seus livros para as pessoas. 
Pessoas compram livros de baciada na internet e muitos deles ficam largados por muito tempo. E depois compram mais livros e nem sequer leram aqueles que haviam comprado anteriormente. 
Já ouvi também pessoas que compram livros que já leram, simplesmente porque "quero ter na minha estante".
E pior de tudo é que as pessoas acham isso normal. 
Qual é a finalidade de um livro que fica numa estante? Ser bonito e cobiçado? Livros foram feitos para serem lidos, não uma só vez e nem por uma só pessoa. 
Antigamente quanto mais sinais de uso um livro tinha mais ele era considerado pelas pessoas, porque acreditava-se que essas marcas eram de uso e se tantas pessoas o liam ele deveria ser bom. Quando eu digo sinais de uso não falo manchas, nem rasgados, falo de uma dedicatória antiga, um amarelado entre as páginas, grifos de pessoas que leram o livro e gostaram de determinadas partes. 
O que aconteceu com a magia de comprar livros em sebos, emprestar em bibliotecas, trocar com os amigos? Me parece que hoje em dia se você não tiver uma estante recheada de livros intocados você não entra para o clube. 
Não me entendam mal, eu também tenho minha estante com um pouco mais de 20 livros. Mas li muito mais que isso. Adoro ir à biblioteca e ficar horas lendo sinopses e decidindo o que lê. Empresto meus livros e pego muitos livros emprestados de amigos leitores e com isso podemos debater nossas opiniões e ter conversas agradável de horas, pessoalmente. Discutir pela internet não é a mesma coisa. 
Gostaria de ver mais pessoas preocupadas com a estórias que cada livro trás em si do que se a capa está amassada. Gostaria de ver pessoas conversando sobre os livros que leram e não brigando porque emprestou um livro que demorou a voltar. 
Acredito que nossa sociedade consumista contaminou também a literatura, onde é mais importante ter os livros que realmente os ler. 
Sonho com o momento onde as pessoas deixarão de se importar com a quantidade de livros que tem e começará a questionar a qualidade dos livros que lê.

O que você acha sobre isso? Ser leitor virou sinônimo de consumismo exagerado?

5 comentários:

  1. Realmente, já ouvi muitas pessoas dizerem que querem muito comprar um livro mas não podem porquê "tem uma fila enorme de livros esperando para serem lidos". Mas mesmo assim acabam comprando.É como se essas pessoas vissem isso como uma"competição" para ver quem possui a maior quantidade de livros. Ou então usam a "desculpa" de que estão apenas aproveitando que aquele livro tão sonhado está na promoção e se esquecem dos livros que ainda nem foram lidos. E quanto ao "ciúme" de emprestar o livro: Aquilo que era um simples cuidado passou a ser um cuidado excessivo e muitas vezes absurdo. Conheço pessoas que tratam seus livros com o maior cuidado, como se fossem gente. E isso não deixa de ser preocupante. Eu diria que isso é o que os médicos costumam chamar de "TOC".

    ResponderExcluir
  2. Fizemos um progresso gráfico muito significativo ao longo dos últimos anos. é cada vez mais comum encontrar capas com acabamento de luxo, lindas ilustrações, livros com capa dura e edições limitadas de colecionador.
    Veja bem, trabalho como designer e ilustrador e acho isso o máximo. acho magnífico o progresso estético e gráfico que os livros e quadrinhos sofreram ao longo dos anos.
    O problema não está em ter uma linda coleção,o problema é que as pessoas consideram o estético (a camada por fora) mais importante que o conteúdo, e isso não limita-se apenas nos livros. acho que a vida é assim mesmo, as pessoas são assim.
    Existe outro ponto também: o hobby do colecionismo que pode estar ligado a essa questão.
    Ainda bem que ainda existe leitoras e pessoas como vc. que se preocupam mais com o conteúdo do que com a estética. =D

    ResponderExcluir
  3. Hoje em dia parece estar na "moda" parecer uma pessoa inteligente, e para algumas pessoas só é inteligente quem tem mais de 200 livros (não lidos) na estante. Eu tenho um pouco mais de 40 livros em minha estante (também já li mais que isso) e se cuidar dos livros é considerado doença como citaram ai em cima (TOC) eu devo ser muito doente. Não é porque o livro foi feito para ser lido que você empresta para uma pessoa e ela tem que derramar café, dobrar as paginas ou até mesmo rasgar, sério, isso me parte o coração, tudo bem se grifar o que mais gostou, mas rasgar e sujar é de mais. Cuido muito porque quando não encontro o livro para baixar ou ler na internet, eu giro o mundo atrás dele e pago o tanto que for necessário.
    O primeiro livro que li foi emprestado (Paulo Leminski), tinha apenas 10 anos, chorei muito até que minha avó comprasse o mesmo para mim e li ele, somente ele por DOIS anos. Por isso que não acho tão anormal comprar um livro que você já leu, se for ler novamente.
    E pode acreditar que mesmo existindo os consumista por diversão ainda existe pessoas apaixonadas por cada estórias que cada livro já lido trás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas seu caso é diferente! Me referi a aqueles que compram só para deixar na estante!
      Já li Harry Potter um monte de vezes, sempre emprestado ou de bibliotecas. Ai eu comprei minha coleção... Porque sabia que leria de novo! E Já li mais um monte de vezes! ;)

      Excluir
  4. Oi, Carol!
    Muito legal essa discussão, eu tenho uma prateleira que já esta lotada e já separei alguns livros que quero vender ou trocar porque sei que não lerei novamente, só mantenho na minha coleção livros que pretendo reler ou que são meus favoritos.
    As próprias editoras eu percebo que vêm fazendo um marketing mais voltado para a estética dos livros do que para o conteúdo. O receio que os leitores têm por e-books é outro sinal claro desse consumismo desenfreado.
    Participo de um clube do livro e a sensação de discutir o livro pessoalmente, como você disse, é inigualável.

    Parabéns pelo post!

    Beijos!

    Leituras & Gatices

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.