[Resenha] - A Lista - Cecelia Ahern


Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2015
Tradução: Amanda Moura
Título Original: One Hundred Names
Gênero: Ficção irlandesa
Páginas: 380
ISBN: 978-85-8163-683-2








“Cem nomes. Cem pessoas. Kitty Logan herda uma lista e a missão de contar uma história.”

Kitty Logan é uma jornalista de 32 anos que vê sua vida ruir inesperadamente após acusar um homem por estupro em rede nacional. Confiante de que suas informações eram corretas, ela não se viu preparada quando soube que a empresa para qual trabalhava foi obrigada a pagar uma alta quantia de indenização para Colin Maguire, o homem inocente que teve sua vida destruída pela reportagem de Kitty.

Quando descobrem a verdade sobre o caso, quem passa a ser mal vista é Kitty, a ponto de não ter mais nenhuma certeza sobre o rumo de sua vida. Sua família está inconformada com a atitude dela, seu melhor amigo aparenta estar extremamente desapontado, sua carreira está indo cada vez mais para o fundo do poço e ela sabe que a qualquer momento será demitida.

E para completar, a melhor amiga de Kitty, Constance, está internada com um câncer em estado terminal. Mas quando Kitty vai visitá-la para colocar os assuntos em dia, Constance diz a ela que possui em sua casa em envelope cujo conteúdo é o tema para uma das melhores matérias a ser escrita em sua revista – e que isso pode ser a chance que Kitty precisaria para recomeçar a sua vida. Mas em menos de uma semana, Constance vem a falecer e Kitty se vê perdida com o envelope, pois dentro dele não há nenhum tema e nenhuma instrução sobre o que deveria ser feito, apenas uma lista. Uma lista com nomes de cem pessoas.

Ao contar a ideia aos seus superiores, Kitty tem permissão para começar a trabalhar na matéria, mas recebe um prazo de duas semanas, quando uma edição especial da revista em homenagem à Constance seria publicada. Kitty começa então a trabalhar arduamente em sua matéria, correndo contra o tempo para descobrir quem são aquelas pessoas que não parecem ter nenhuma ligação umas com as outras e qual seria a ideia por trás de todos aqueles nomes, a fim de criar a matéria que poderia salvar sua carreira e acima de tudo, honrar o nome de sua melhor amiga.

“Todos retomaram suas conversas, mas com muito mais entusiasmo. Uma energia boa tinha se espalhado pelo ambiente, ouviam-se risadas, mais barulho, as pessoas estavam mais felizes e, independente de acreditarem ou não no amor, todos queriam celebrar pelo jovem casal. Os que acreditavam se deleitaram diante da ocasião. Sam tinha feito mais do que conseguir bebida ou comida grátis, mais do que constranger a amiga: ele tinha levantado os ânimos, reunido todos aqueles que estavam ao redor, mesmo que fosse por alguns minutos apenas. Fizera algo muito especial.” (página 159)

“A Lista” foi para mim um daqueles livros que te encantam já na primeira página. É um romance bem leve e delicioso de ler, pois você quer saber logo o que vai acontecer com a tal lista e se a vida da Kitty vai se ajeitar no final, pois no decorrer do livro inteiro as coisas vão piorando mais e mais para ela, a ponto de me fazer achar que as coisas não tinham mais nenhuma maneira de voltar a ser o que eram. Mas foram justamente esses acontecimentos ruins que me fizeram ver o quanto a personagem principal do livro é uma pessoa forte, lutando para não se deixar abater e tentando reerguer a sua vida da melhor forma possível em suas condições atuais. 

Quando comecei a acompanhar o ritmo do livro e vi que já estava na metade, pensei que seria impossível a autora colocar ali o relacionamento da personagem com cem pessoas diferentes em tão poucas páginas que restavam e imaginei que o final poderia não ser tão bom por conta disso. Suspeitei que a estória pudesse começar a ficar sem nexo e ter um final decepcionante, admito. Mas não, o desenrolar da segunda metade foi tão bom quanto da primeira e tudo terminou de um jeito bem interessante. Alguns momentos me deixaram bem surpresa, pois não esperava pelo que aconteceu. Geralmente, em romances assim, tudo acontece seguindo certo desfecho em que tudo dá certo para todos o tempo inteiro, e eu não gosto disso. 

O que me prendeu mais neste livro e me fez gostar muito dele é que ele mostra situações mais realistas, como algumas pessoas podem ser cruéis com as outras pelos seus erros cometidos, como algumas pessoas se sentem mal consigo mesmas quando fazem alguma coisa errada, mas gostei principalmente porque é um livro repleto de situações boas e personagens com corações enormes. Um livro que mostra que, independente de raça, cor ou credo, cada pessoa tem uma história maravilhosa para contar.

 Compre esse livro agora:


12 comentários:

  1. Nossa Carol, parece ser muito bom.
    No início me lembrou Cilada de Harlan Coben, mas o mistério envolvido é outro e pude perceber que não tem nada a ver com Coben, além da coincidência do início da trama.
    Vai para minha wishlist com-toda-a-certeza-deste-mundo.
    Um beijo!
    Blog Monykisses
    Blog Os Literatos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, esse do Coben eu não li ainda. Mas gosto muito dele. Falando nisso... Faz tempo que não leio! ahahahaha
      Que bom que gostou, depois me conte caso você leia :)
      beijos

      Excluir
  2. Falou em mistério e suspense é comigo mesmo!!! Hehehehe
    Pelo jeito o livro é uma corrida contra o tempo! E adorei que a história começa sendo só ladeira a baixo para a protagonista! Isso causa um desespero ainda maior na personagem em busca pela verdade!
    Adorei a resenha Carol.
    Fiquei super curiosa para ler!
    Mil beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ba!! Realmente eu também adoro quando a protagonista ta no fundo d posso. Como somos má ahahha Espero que você leia, e se acontecer, venha me contar o que achou! :)
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei a resenha! E super quero pra ontem este livro (mas nas atuais circunstâncias, vai demorar para eu poder ter - universitária falida, último ano da faculdade, TCC...)~ tudo que envolve literatura e jornalismo me cativa <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Emily, volte sempre ao blog. E se conseguir ler o livro não deixe de me falar o que achou! :) beijos

      Excluir
  4. Que interessante, Carol! Gostei muito da resenha e confesso que fiquei curiosa em ler o livro... Com certeza será uma das minhas próximas leitura :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, que bom que você gostou! Leia mesmo que vale a pena, obrigada pela visita e volte sempre. Ah, e se ler... Volte para me contar o que achou!
      Beijão.

      Excluir
  5. Mistério? Suspense? Já está na minha lista com certeza!!! Adorei a resenha Carol, e parabéns pelo blog, ta cada vez mais lindo!!! Bejinho!! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por tudo Ana. Leia mesmo e depois me diga o que achou!! :)

      Excluir
  6. Oi Carol!! Adoro suas Resenhas.. Muito boas.. 😘 Eu Amei o livro.. Já tinha lido antes da Resenha, mas gosto das suas opiniões haha..
    Queria saber se Vc tem uma indicação de livro de Ficção junto com Romance como: Jogos Vorazes, Divergente, A Seleção, até mesmo Harry Potter haha eu amo esse tipo de livro .. São a minha paixão.. (Romance e ficção) Amo os da Paula Pimenta tbm...
    Se tiver uma boa indicação de livros assim, eu agradeceria..

    Beijão, parabéns pelo Blog, é lindo! Sucesso.. 😚😚😚

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, tudo bem? Obrigada pelos elogios, mas essa resenha quem fez foi a Marina! ahahaha
      Quanto a uma indicação, eu tenho um perfeito pra quem gosta de Romance e Ficção, se chama Instituição para Jovens Prodígios, é nacional. Infelizmente você só poderá ler por ebook, porque ainda não há a versão fisica. Mas procura no site da Amazon que você encontra, são 4 livros, mas só foi lançado 3 por enquanto. Vale super a pena, depois você me fala o que achou! ^^ beijos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.