Crítica da animação "O Pequeno Príncipe"

Não sei se a maioria sabe, mas hoje foi a estreia da animação "O Pequeno Príncipe", e como eu sou simplesmente apaixonada pela história, lógico que eu tinha que ir conferir.
Não acompanhei nada. Não vi trailer, nem fotos, nem mesmo sinopse. E no fim das contas isso foi realmente incrível. Pra mim seria uma adaptação do livro, normal, como todas que vemos por ai. Mas então fui surpreendida: O filme conta a história de uma menina que vive com a mãe e é uma mini adulta. Ela tem cada segundo do seu tempo controlado para se preparar para entrar numa escola que vai transforma-la numa adulta excepcional e com eles dizem "essencial". Ela não sabe o que é ter amigos, se divertir, brincar ou qualquer outra coisa que crianças devem fazer. 
Mas tudo se transforma quando ela se muda para uma casa cujo vizinho parece não viver na realidade controlada das outras pessoas. Através desse aviador a garota conhece a história do Pequeno Príncipe e vê sua realidade se modificar a medida que ela aprende o que é ser criança.
"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos" 

Se você acha que eu estraguei o filme porque contei tudo, está muito enganado. Isso é só a introdução, o que vem depois é muito mais mágico, perfeito e criativo do que qualquer coisa que eu possa escrever aqui. 
Eu assisti em 3D, geralmente eu não gosto porque dói minha cabeça, mas não sei se mudaram alguma coisa ou se o filme tava tão interessante que nem mesmo consegui sentir dor. Fiquei fissurada na tela do começo ao fim. Nem preciso dizer que derramei infinitas lagrimas né?

O que mais me chamou atenção foi reconhecer as frases mais importantes do livro no filme. Mesmo sendo uma adaptação, as frases não foram modificadas e eu achei que isso fez toda a diferença. 
Um momento para falar da animação em si. Ficou perfeita! Não quero dar muitos detalhes pra não tirar a sensação de surpresa de vocês, mas eu achei que o cuidado para diferenciar o que era "realidade" e o que era "história" dentro do filme foi muito bem colocado. Além do mais, foi usada as ilustrações do próprio livro que foram feitas pelo autor, um luxo. 

"Foi o tempo que dedicaste a tua rosa que fez tua rosa tão importante"


Bom gente, vocês puderam ver que só tenho elogios, foi uma lindeza e espero ter a oportunidade de ir de novo no cinema assistir. Acho que se tenho uma reclamação é o tempo. Deveria ter mais tempo de filme, só pra gente ficar mais tempo com essa história linda. Sinceramente, recomendo a todos que são fãs desse livro incrível. Se você nunca leu então não sabe o que está perdendo, é uma lição de vida. E vale a pena ser compartilhado.

2 comentários:

  1. Que lindo post! Fiquei mais louca ainda para assistir o filme agora, acredita que ainda não fui? Já li O Pequeno Príncipe umas 83749832 de vezes e não canso; a cada leitura é um novo encantamento. Sobre o que vc falou da menina do filme que tem muitas responsabilidades, foi exatamente essa a discussão que tivemos no meu curso sobre essa obra: as crianças perdem a inocência da infância, são "adultizadas". E o livro faz nós, adultos, termos um gostinho dessa magia dos sentimentos. Lindo!

    Beijinhos, Hel.

    leiturasegatices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hel. Que bom que você gostou. Você faz curso do que? Infelizmente é isso mesmo, as crianças hoje são condicionadas a terem sucesso no futuro e deixam de ser crianças, é muito triste. Espero que veja logo o filme, depois venha me contar o que achou ok? Beijos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.