[Virtuautores] - #5 - Robin Cook

Sempre que vamos a uma livraria, nos deixamos levar pela magia que ela oferece a nós, leitores. As cores, os cheiros e as texturas dos livros, tudo nos encanta. Nos perdemos em meio às capas, títulos e sinopses até encontrarmos o livro perfeito, imaginando como ele ficaria junto à nossa coleção. Mas então olhamos o nome do autor/a e percebemos que nunca ouvimos falar sobre ele/a em nossa vida. Afinal, a quantidade de autores é muito grande e sempre nos deparamos com nomes que não estão marcados nos rankings dos mais vendidos. Contudo, não é por isso que eles devem ser deixados de lado! Existem muitos autores desconhecidos (ou até conhecidos, mas não tanto assim) pelo mundo, com obras tão perfeitas e encantadoras, que merecem ser descobertos.

Foi pensando nisso que o Leitura Virtual resolveu criar o "Virtuautores", espaço onde serão postadas biografias de autores nacionais e estrangeiros para que vocês, leitores, possam conhecer novos nomes da literatura e ampliar sua coleção! 

Autor da semana: Robin Cook

Robin Cook nasceu em 4 de maio de 1940 em Nova York. Quando terminou o colégio, ele decidiu que queria cursar Medicina ao invés de ser um arqueólogo como sonhava. Primeiramente formou-se na Universidade de Wesleyan, se especializando em química. Em seguida, matriculou-se para cursar Medicina na Universidade de Columbia, passando suas férias de verão trabalhando na criação de um laboratório de sangue/gás para o Instituto Oceanográfico Jacques Cousteau, em Mônaco. 

Neste tempo, também realizou treinamentos de residência em cirurgia geral e uma segunda residência em oftalmologia em Harvard. Quando terminou ambas, Robin Cook abriu uma pequena clínica privada de medicina e se matriculou em Harvard para uma pós-graduação, além de aceitar da Escola de Medicina de Harvard um convite para lecionar e ver os pacientes.

Robin Cook divide seu tempo entre a medicina e a literatura, sendo considerado o escritor que introduziu o termo "médico" como gênero literário. E após 34 anos desde a publicação de seu primeiro livro, Coma, Robin Cook ainda é considerado o melhor escritor do gênero.

Vinte e oito de suas obras já foram consideradas best sellers no The New York Times e traduzidas em quarenta idiomas. 

Suas obras costumam se passar em hospitais, intercalando acontecimentos do cotidiano e fatos incomuns, em uma mistura de realidade e ficção e abordando temas médicos como doação de órgãos, engenharia genética, transplante de órgãos, fecundação in vitro, pesquisas sobre drogas e vários temas importantes e, por vezes, polêmicos do mundo da medicina. Seus livros fizeram tanto sucesso que vários programas de televisão americanos começaram a criar minisséries  e programas baseados em suas obras.


"Robin Cook ricamente desenvolve personagens, o que nos permite partilhar de seus pensamentos mais pessoais e preocupações profissionais." - USA Today

Robin Cook tem o poder de prender o leitor desde a primeira página. Escritas com maestria, suas obras são imprescindíveis para todos que amam livros cheios de mistérios e que não fujam da realidade.

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.