[Resenha] Sombra e Ossos - Leigh Bardugo

Sub-título : Ela é a única que pode vencer a escuridão. E terá de fazer isso sozinha
Gênero : Fantasia
Editora : Gutenberg
Número de páginas : 288
ISBN : 978-85-82350-63-8

Olá leitores! Hoje a resenha que trazemos para vocês é desse livro de capa lindíssima, Sombra e Ossos. Ele é o primeiro livro da trilogia Grisha. Esse exemplar é o primeiro da escritora Leigh Bardugo, e essa mulher me arrebatou com sua escrita. Ela nos apresenta primeiro dois personagens muito cativantes: Alina Starkov e Maly Oretesev. Eles foram criados juntos desde crianças, na mansão de um nobre Duque. Eles vivem em Ravka, um grande país, que está em guerra com seus dois países vizinhos, nas fronteiras norte e sul. Por isso nossos queridos personagens são órfãos. O livro é narrado por Alina, e ela nos descreve como sempre foi uma garota que passa despercebida, muito magra e desinteressante. Ao contrário do seu melhor amigo Maly, que é bonito, habilidoso, e carismático; ao qual ela nutre um amor platônico. Eles crescem, e são encaminhados para o serviço no Primeiro Exército, onde Maly se torna o melhor rastreador do Reino e Alina se torna uma cartógrafa. O país, além da guerra, enfrenta um outro grande perigo, a Dobra das Sombras. A Dobra é uma extensão de terra localizada a oeste, que isolou Ravka do seu porto. Por isso eles deixaram de receber importações e não podem exportar, o que reflete na economia nacional. Essa extensão de terra é uma porção mergulhada na escuridão, habitada por terríveis monstros, que devoram tudo que adentra a Dobra, os temíveis Volcras. Além da Dobra, que obviamente é obra de magia, a autora nos apresenta os Grishas, pessoas que nascem com um poder especial. Eles são divididos em três grupos: Os Corporalki, que têm dois tipos distintos, os Curandeiros (especialistas em cura) e os Sangradores (especialistas em matar). Tem os Etherealki, que são os conjuradores e possuem três tipos, os Aeros (controlam o ar), os Infernais (controlam o fogo) e os Hidros (controlam a água). E finalmente tem os Matherialki, que são os fabricadores, que possuem dois tipos, os Durastes (manipulam o aço) e os Alquimistas.


Os Grishas são liderados pelo Darkling, o mais poderoso dentre eles. Sempre há excursões até a Dobra, geralmente para atravessar até o litoral para conseguir trazer alguns produtos e descobrir um jeito de destruí-la. Logo que Maly e Alina iniciam suas vidas militares, há uma dessas excursões. O Primeiro e Segundo Exércitos juntos, supervisionados pelo seu famoso líder. Durante a travessia, Maly é atacado, e em um ato desesperado Alina o salva, mas ela consegue fazer isso graças a um poder latente, que é liberado na adrenalina do momento. Logo então todos percebem que ela é uma Grisha. Ela é levada até o Darkling, que faz um teste, provando que realmente ela tem um poder muito raro e especial.  Ela é uma Conjuradora do Sol, ou seja, ela evoca o mesmo tipo de luz emitida pelo nosso grande astro! Logo ela é levada até a capital, onde passa a conviver e aprender tudo sobre os Grishas, e como usar seu poder. Lá ela conhece também o rei e toda a corte, e descobre que seu poder é a chave para o fim da Dobra e o futuro de seu país. Além disso, surge uma paquera irresistível entre ela e o Darkling. Ela o conhece bem e descobre que a Dobra é obra de um ancestral dele, afinal ele controla a escuridão. Alina então se dedica muito ao seu treinamento, decidida a destruir a Dobra; contudo levarias várias décadas até ela dominar seu poder, e conseguir evocar luz suficiente para destruir a Dobra. Então o Darkling apresenta uma solução: encontrar um dos amplificadores de Morozova, para Alina usar. Cada Grisha pode usar um amplificador, que são artefatos mágicos naturais, que aumenta o poder de quem usá - lo. Os amplificadores de Morozova são os mais raros do mundo, e os melhores Grishas juntamente com os melhores rastreadores vão a procurar do Cervo Branco, para ser o amplificador que possa dar a Alina poder inesgotável. Mas rapidamente ela percebe que nem tudo é o que aparenta ser, e uma verdade cruel é revelada a ela. Atordoada pelo choque, ela foge, e nessa fuga encontra de novo com Maly, que desertou para ajudá-la. 


Sempre supus que os camponeses famintos e soldados mal supridos de Ravka eram o resultado da Dobra das Sombras. Mas enquanto caminhávamos ao lado de uma árvore de jade embelezada com folhas de diamantes, não tive mais tanta certeza.

Galera vocês tem que ler esse livro, é fantástico. Eu o li em quatro dias, era impossível o largar. Gostei muito do fato de que a autora nos introduz no mundo criado por ela sem descrições longas e maçantes. Ela criou um universo tão incrível, todos os nomes em itálico são criação dela! A organização da sociedade, a ideia dos Grishas, e isso aliado com um exército normal, com certeza está entre meus favoritos. O livro não tem enrolação, é fluído, é cativante, a autora atesta nossa inteligência ao fazer isso. Agora quantos aos personagens, eles simplesmente o arrebatarão! Alina mesmo se descrevendo como disse anteriormente, não é fraca, pelo contrário, ela tem uma perseverança invejável. Mesmo com seu grande poder, ela possui sentimentos tão ternos, e que as vezes não são tão certinhos. O Darkling é misterioso, sedutor, poderoso. Lógico que há romance no livro, mas é algo que se desenvolve naturalmente, um fato que se encaixa perfeitamente na história, e é fugaz, sensual.




"Eu passei a vida procurando um modo de corrigir as coisas. Você é o primeiro lampejo de esperança que tenho em muito tempo." Darkling

Você leitor que curte fantasia, leia esse livro! Se você não gostar, e não ansiar o segundo e terceiro livro, eu desisto da leitura! O livro é leve, descontraído, instigante... Minha expectativa para o restante da trilogia são as mais altas possíveis! Por isso por favor, leiam, leiam, leiam...

2 comentários:

  1. Amei a resenha, Gu! Será minha próxima leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Rosana! Você vai devorar ele rapidinho, tenho certeza! Obrigado pela visita e volte sempre :)

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.