[Livro X Filme] - Simplesmente Acontece


De autoria da escritora Cecelia Ahern, queridinha dos apaixonados por romances, "Simplesmente Acontece" já está em sua quinta edição deste a data de seu lançamento. Originalmente publicado como "Where Rainbows End" (Onde Terminam os Arco-Íris), teve seu nome alterado para "Love, Rosie" (no Brasil, Simplesmente Acontece) em suas edições mais recentes.




Quando resolvi que queria conhecer esta estória, eu tinha lido somente dois livros da Cecelia anteriormente. Um eu amei, o outro não gostei muito. Eu estava em um impasse muito grande por causa disso e com medo de comprar o livro e me arrepender. Então tomei uma decisão e fiz algo que não faço com frequência: resolvi assistir ao filme primeiro. E eu amei demais. Segura, enfim, eu adquiri meu exemplar e não me arrependi. Desta forma, resolvi trazer para vocês hoje o que eu achei do livro e de sua adaptação em mais um Livro X Filme. 

Basicamente, "Simplesmente Acontece" relata a vida de dois melhores amigos, Rosie e Alex, que são obrigados a se separar quando ele se muda para os Estados Unidos. Neste simples resumo da sinopse, eu já percebi uma diferença bem grande entre o livro e o filme. O que desencadeou a súbita alteração na vida dos dois amigos foi a mesma coisa em ambos, mas descrita de modos e em tempos diferentes. O que eu achei mais legal em relação à essas diferenças do livro para o filme, é que apesar de tudo, ele continua bem fiel à obra original. 

Quando comecei a ler o livro e percebi que ele era inteiramente narrado por cartas, fiquei surpresa com a qualidade do filme. Se tivesse começado primeiramente pelo livro, nunca conseguiria imaginar que, deste tipo de narrativa, pudesse sair um filme tão bem feito e detalhado, que conseguiu transmitir os mesmos sentimentos de amor e amizade, de delicadeza e sensibilidade que as páginas do livro. 

Rosie e Alex são personagens incríveis e muito bem construídos no livro e os atores Lilly Collins e Sam Claflin, escalados para interpretá-los, ficaram perfeitos para o papel. As cenas de amizade e cumplicidade entre os dois ficaram lindas no filme, pois é uma coisa que o livro não mostra muito, já que nele só vemos as conversas. Não há uma descrição mais precisa dos ambientes e momentos e o que vemos no filme acaba preenchendo os espaços que o livro pode ter deixado em branco para a gente. Lilly Collins interpretou muito bem a Rosie forte e independente que vemos no livro, enquanto Sam Claflin representou de forma perfeita o lado divertido e carinhoso do Alex. A sintonia entre eles foi linda no filme. 



As músicas que fizeram parte de "Simplesmente Acontece" também combinaram bastante com o filme. Com canções de Beyoncé, Elton John, Lilly Allen e muito mais, foi possível entender a importância da trilha sonora no desenrolar de tudo. A coletânea escolhida dá um ar de animação, músicas divertidas que até representam bem a vida de festas dos jovens. 

Mas apesar de todas as cenas descontraídas e engraçadas presentes tanto no livro quanto no filme, esta estória também tem a capacidade de nos fazer refletir sobre muitas coisas. Eu cheguei a conclusão de que não consigo comparar os dois para escolher o que é melhor: se é o filme ou o livro. Porque, para mim, tenho aqui um exemplo raro de fidelidade. Sem falar que algumas coisas eu gostei mais no livro do que no filme, e outras foi o contrário! Soltei várias risadas durante as páginas do livro, já Lilly Collins e Sam Claflin me fizeram chorar. Com tantos altos e baixos, mesmo já conhecendo a estória, é como se estivesse entrando neste mundo pela primeira vez. Vale muito a pena conferir. 



8 comentários:

  1. Eu amei o filme e amo ainda mais o livros, só que os dois ficaram diferentes.
    Para quem nunca leu o livro e assiste o filme acha tudo okay, mas para quem leu fica um certo vazio.
    Gostei da postagem.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Amei os dois também. Mas aos meus olhos este foi um filme até que bem fiel ao livro. Lógico que cenas foram cortadas e algumas coisas mudaram, mas se comparando às últimas adaptações que eu assisti, este filme está muito parecido rs.

      Beijos
      obrigada pela visita

      Excluir
  2. Oláá
    Nossa, sempre fiquei em dúvida se eu iria ou não gostar de ler o livro, ainda mais quando descobri que a narrativa fluía através de cartas, quanto ao filme não cheguei a assistir, pois como não havia me decidido se iria ler ao livro, optei por não pular direto para o film, pois bem continue indecisa até ler este post, agora já posso dizer que está mais que decidido, eu PRECISO ler Simplesmente Acontece!
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eloísa!
      Muito bom saber que o post te ajudou bastante!
      Leia, sim. O livro é maravilhoso!!! Eu também estava com essa dúvida, mas agora posso dizer que eu sou apaixonada por este livro! Ele chegou a entrar na nossa seleção dos melhores do ano também haha

      Beijos!

      Excluir
  3. Oii!
    Eu nunca tinha lido um livro da Cecelia e Simplesmente Acontece já foi uma paixão de cara! Adorei a escrita da autora e a história em si é um amorzinho.
    Vi o filme assim que lançou no cinema é foi amor também, apesar de ter sido tão diferente do livro.
    Ainda prefiro o livro, mas achei que o filme ficou muito legal.
    Beijoss
    www.vidaemmarte.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kathleen!
      Também me encantei com os livros dela! O que me fez apaixonar foi "A Lista", muito perfeito também.
      "Simplesmente acontece" também foi muito especial, ficou entre os meus 10 preferidos do ano!
      Eu achei o filme perfeito também, talvez por eu ter assistido primeiro não tenha me "decepcionado" tanto como acontece quando eu leio o livro primeiro. Vai saber. rsrs

      Um beijo!
      Volte sempre :)

      Excluir
  4. Oi Marina, tudo bem?
    Eu gostei bastante do filme e achei a história muito linda e tocante, e bem fora do que estamos acostumados. Ainda não li o livro, mas espero poder conferir em breve.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda, vou bem e você?
      O filme me tocou exatamente por isso. Retrata situações da vida mesmo, pelas quais qualquer um de nós pode passar.
      O livro é igualmente bom, lógico que tem cenas a mais, mas isso não chegou a tirar o encanto do filme. Pelo menos, não para mim rsrs

      Espero que consiga ler, sim! Depois volte para contar o que achou :)
      Beijos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.