[Resenha] - A Rebelde do Deserto - Alwyn Hamilton

Título original: Rebel of the Sands
Editora : Seguinte
Gênero : Literatura juvenil / Ficção / Fanstasia
Lançamento : Abril de 2016
Número de Páginas : 283
Tradução : Eric Novello
ISBN : 9788565765992


Olá galera bookaholic! Hoje trago para vocês a minha primeira resenha de um livro da parceria com a Companhia das Letras. A Rebelde do Deserto é o livro de estréia da autora Alwyn Hamilton. O primeiro de uma trilogia, que já digo de antemão, espero que a Seguinte lance logo o segundo livro, rsrsrs... O livro se passa no Oriente, mais especificamente em um país chamado Miraji (nome bem apropriado para um país que tem o deserto como terreno predominante). Na cultura oriental não há nada pior do que ser pobre, órfão ou mulher; e a nossa protagonista Amani Al'Hiza é as três coisas. Segundo o misticismo, criaturas mitológicas vagam pelo deserto, alguns são reais, como os buraquis (seres que têm a forma natural de uma tempestade de areia, mas que aprisionada com ferro, tem a forma de um cavalo); outros acredita - se que não existam mais, como os djins (para nós ocidentais, os famosos gênios). Existem também os descendentes dos djins, ou seja, filhos deles com mulheres mortais. Os djins têm poderes variados, e seus descendentes herdam esses poderes. A infância de Amani foi muito difícil e sofrida, como ela mesma nos narra; assim como todo o livro é narrado por ela. Agora que ela é uma jovem adulta, tudo que ela deseja é ir embora da Vila da Poeira, um lugar muito pacato e remoto. 
"Senti a força dele, antiga como o mundo, mais antiga que a morte, a escuridão e o pecado. Tudo o que precisa fazer era subir em suas costas e deixar que me carregasse até o fim do deserto." Pág. 64
Amani é uma eximia atiradora; ela pratica desde criança escondida da família do seu tio. E fica sempre atenta a uma boa chance para fugir da pequena vila onde mora. Após uma noite em que ela, disfarçada de garoto, quase ganhou uma competição de tiro ao alvo - o prêmio seria suficiente para ir embora para sempre - uma chance inesperada surge. Claro que ela não deixa essa chance passar e se agarra com tudo nessa aventura, mesmo que tenha que ir acompanhada de um forasteiro que ela conheceu na competição. O que ela não esperava era que esse forasteiro estivesse sendo perseguido pelo exército do sultão, e pelo exército dos gallans (país vizinho que possui uma aliança com o sultão). Durante a viagem ela e Jin, o jovem forasteiro, vão se conhecendo melhor e uma inevitável atração nasce entre os dois. Amani está decidida a ir para a capital de Miraji, contudo ao longo da viagem ela percebe que essa não será uma boa escolha. O exército do sultão e dos gallans não persegue apenas Jin, mas também um dos filhos do sultão que desertou do pai e iniciou uma guerra civil para tomar o poder para si. Não é surpresa para Amani que tentem derrubar o sultão do poder, afinal a população não está nem um pouco satisfeita com o governo; mas ela se surpreende com o apoio que o Príncipe Rebelde tem.

foto de arquivo pessoal
"Passei a ponta do dedo na porta. Parecia de rocha sólida. Pelo menos até a palavra secreta ser sussurrada. Como nas histórias. Talvez eu fosse uma garota ingênua com o mau hábito de acreditar nas histórias que minha mãe me contava." Pág. 170 
Amani e Jin se juntam a uma caravana para atravessar a maior parte do deserto entre duas cidades, bem disfarçados e oferecendo segurança a caravana contra saqueadores. Após meses atravessando o deserto, o final dessa viagem culmina em uma quase tragédia, e Amani descobre que Jin é um dos soldados do Príncipe Rebelde. Agora ela se encontra diretamente envolvida nessa guerra civil, e o final do livro nos reserva revelações cada vez mais chocantes e uma após a outra, numa trama eletrizante. A revelação mais importante pertence ao passado de Amani, que tem um papel fundamental a desempenhar. 

Galera, que livro gostoso de se ler! Do jeito que eu gosto, sem enrolação, que flui desde os primeiros capítulos! Amani é uma personagem forte, carismática, muito inteligente. Ela desafia as tradições, não se deixa abalar facilmente. O romance no livro está na medida certa, ele apenas compõe o enredo, dando liga a outros aspectos. A autora descreve muito bem os cenários e situações, não é difícil se ver inserido na história. Ela me surpreendeu em algumas revelações, e soube administrar com maestria os momentos de revelar um segredo e introduzir outros. Espero que ela continue na mesma pegada no próximo livro! Eu tenho gostado muito dessa forma com que as autoras têm usado da literatura para demonstrar a força e a capacidade feminina. Muitas personagens principais que são um misto daquilo que representa o feminismo na política, em diferentes culturas, em diferentes locais, em diferentes épocas, tendo consciência do papel que possuem e devem exercer. 
"Aquela revolução era uma lenda em desenvolvimento. O tipo de história que tinha começado muito antes de mim e continuaria muito depois. O tipo de épica que era contada várias vezes pra explicar como o mundo nunca mais tinha sido o mesmo depois que aquele punhado de gente viveu, lutou, venceu ou morreu tentando." Pág. 198
E é claro, não posso deixar de falar sobre a qualidade gráfica do livro! Com certeza o livro de brochura mais lindo da minha coleção! A editora merece todo mérito pela perfeição da capa, com esses efeitos entre o azul e o dourado. Muitas vezes antes ou depois dos meus momentos de leitura, ficava alguns minutos admirando os efeitos dessa capa em diferentes ângulos e claridades do ambiente. A diagramação é agradável, pequenos detalhes internos bem escolhidos e revisão perfeita. Assim como já é de praxe da editora, o marcador do livro veio junto a orelha da capa de fundo, basta apenas recortar. A expectativa para o segundo livro é muito grande, esperando para ler até onde Amani pode chegar, se a revolução do Príncipe Rebelde vai se fortalecer, e o que podemos esperar de Jin, que para mim ainda permanece uma incógnita em alguns aspectos. Então, editora Seguinte, por favor lancem o segundo livro junto com o lançamento norte-americano! Acredito que muitos leitores desejam o mesmo. E desejo também a opinião de quem já leu, o que achou? Você que já ouviu falar, quais suas expectativas para o livro? E você que acabou de saber desse livro, faz o seu estilo literário? Me contem aí galera... até a próxima pessoal! ;)

12 comentários:

  1. Adorei a resenha. Mais um livro para a lista de compras.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ro!,
    Que bom que gostou...é bem o seu estilo de leitura esse livro! Depois me conta o que achou... bjo

    ResponderExcluir
  3. OLá Gustavo!
    Desanima um pouco ser o primeiro de uma trilogia, ando evitando começar novas sagas, mas ainda assim quero muito ler. Adoro livros que se passam no oriente e esse parece ser muito interessante. O Golem e o Genio da Darkside também fala dos djins e fiquei completamente encantada.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do ANIME FRIENDS <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thalita,
      Você vai amar esse livro! Compreendo sua posição em relação a começar séries, mas anda inevitável dispensar... gostei muito da mística criada pela autora, um livro muito gostoso de se ler! Bjos, volte sempre...

      Excluir
  4. Olá, já vi muitas resenhas, mas a sua está mais completa e despertou minha curiosidade agora com certeza vou lê-lo.

    http://leiaassistareflita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela,
      Obrigado, que bom que consegui atingir meu objetivo de despertar sua vontade em ler o livro. Fico feliz :)

      Excluir
  5. Oi, Gustavo!
    Que resenha empolgada, haha!
    Minha amiga também estava lendo esse mesmo livro, mas parece que não estava gostando muito. Mas, pelo seu comentário, eu percebi que ele te alguns elementos muito interessante para mim, como a protagonista forte e desafiadora das tradições, um conflito político e uma dose razoável de romance. Parece ser uma bela composição para um livro bom de fantasia. A única coisa que não me agrada é que são três livros :(

    Beijinhos, Hel - Leituras & Gatices

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hel,
      Hahaha, quando gosto muito do livro consigo passar um pouco da euforia na resenha! Que pena que sua amiga não esteja gostando... sim todos os esses elementos por você citados estão presentes no livro, e muito bem desenvolvidos, gostei muito do estilo da autora. Essa moda de trilogias e séries parece que vai perdurar por muito tempo no mundo literário... Obrigado pelo comentário, sempre interessante sua opinião! Bjos...

      Excluir
  6. Como eu gosto de ler uma resenha empolgada de um livro que estou prestes a comprar kkkk
    vai já pro carrinho de compras rsrs

    http://livroslapiseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diovana,
      Fez muito bem em comprar. Você vai adorar! Se joga sem medo,kkkkkkkkkk
      Bjos

      Excluir
  7. Oi Gustavo!!
    Eu gostei muito da sua resenha, é realmente um livro muito gostoso de ler. E gente, fala sério, ele ta muito lindo né? Me dói não ter comprado na primeira vez que tive a chance. rsrs Mas com certeza vou querer ele na minha estante, porque vale muito a pena.

    Adorei suas fotos! ;)
    Beijos

    Jéssica Andrade | De Mundo em Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica :)
      Obrigado... sim um livro tão bom de se ler! Personagens cativantes e envolventes! Nem diga viu, é o livro de brochura mais lindo da minha estante! Amei tirar fotos dele! Vai ser uma linda aquisição pra sua estante! Obrigado de novo :)
      Beijos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.