Um resenha, muito mais emocional do que técnica, de Harry Potter e a criança amaldiçoada - J.K. Rowling

ISBN-13: 9788532530424

ISBN-10: 8532530427

Ano: 2016 / Páginas: 352
Idioma: português 
Editora: Rocco



Depois de muitos e muitos anos J.K.Rowling publicou uma história inédita do universo Harry Potter. A história começa exatamente onde parou o livro Harry Potter e as relíquias da morte, quando Gina e Harry casados estão levando os filhos Tiago e Alvo para a plataforma 9 e meio. Lá, Alvo demonstra o medo de ser colocado na Sonserina já que Tiago passa todo o tempo tentando amedrontar o irmão mais novo. 
O livro rapidamente avança pelos três primeiros anos de Alvo em Hogwarts, ele não é popular como o pai e odeia o peso de ser filho de Harry Potter, seu melhor amigo Escórpio Malfoy é um dos personagens mais lindos da história. Completamente diferente do pai ele herdou a doçura e caráter da mãe. Já Rosa Weasley é a sabe-tudo mais irritante que a escola já viu. É irônico que a gente ame tanto um Malfoy e deteste tanto uma Granger-Weasley.

Como a encrenca está no sangue, logo Alvo e Escórpio se metem uma aventura bem perigosa que ameaça tirar a paz de todo o mundo bruxo. Por causa disso Harry começa a ter pesadelos com Voldemort e sua cicatriz volta a doer depois de 22 anos. 

Não quero entrar em detalhes porque fiz questão de fugir de todo e qualquer spoiler desde que a peça foi lançada em Londres. Então eu resolvi fazer um resumo muito breve da história para que você possa se chocar conforme for lendo, exatamente como eu fiz.
O que eu posso dizer pra vocês é que o livro nos transporta de volta aos sete anos que passamos ao lado de Harry, Rony e Hermione. Que cada novo Ato faz nosso coração disparar e nossos olhos se enxerem de lágrimas. 
O livro é recheado de referências e momentos nostálgicos. E mais do que isso, nos mostra muitos detalhes que não conhecíamos nos outros livros. 



Não vou dizer que a oitava história se iguala aos outros livros. Se formos parar para analisar sem sentimentos envolvidos é um livro mais fraco do que a saga original, mesmo porque sendo um roteiro são só falas de personagens e isso empobrece um pouco nossa imaginação. Mas como é a continuação de uma história que marcou uma geração inteira, ela vem carregada de emoção. Ver Harry, Hermione e Rony com 40 anos não é fácil. Ver Harry ser pai de uma menino que não queria ser filho dele é muito triste, embora os problemas não tenham acabado só porque ele ganhou a Batalha de Hogwarts, a vida é cheia de problemas também e Harry nos mostra isso. 
Eu li o livro em dois dias e quando acabei fiquei com aquele vazio de "fim" de novo. Queria que tivesse mais muitos livros, foi maravilhoso pegar um livro inédito novamente nas mãos, foi maravilhoso me esquivar de todos os spoilers e ir lendo e descobrindo os detalhes. Foi maravilhoso voltar a Hogwarts depois de 10 anos. 

Veja o vídeo resenha:

2 comentários:

  1. Olha, existem tantos erros e tantos esteriótipos de ausência nesse livro que me deixa frustrado. Eu li quando lançou a versão britânica e a americana, porém fiquei surpreso com a falta de entendimento e respeito do roteirista da peça com essa obra tão maravilhosa, mas o que me surpreendeu foi que de fato a J.K. autorizou essa mera fanfic ser publicada com o nome de "Harry Potter", pois deveria ser "Tudo Menos Harry Potter e A Filha Louca do Voldemort Com a Belatriz Que Não Deveria Nem Estar Aqui Linda".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHHAHAHAHAHAHAHAHAHAAH ri de verdade com seu comentário! Eu entendo perfeitamente o que você quis dizer. Mas como fã, você não se emocionou em nenhuma parte? Quando Snape fica sabendo do Alvo, na morte de Hermione e Rony, quando o Harry vê os pais serem assassinados?

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.