[Resenha] - Coroa Cruel - Victoria Aveyard


Editora: Seguinte
Lançamento: 2015
Título Original: Cruel Crown
Páginas: 227
ISBN: 978-85-65765-92-3


"Coroa Cruel", o livro da contos da série A Rainha Vermelha, foi lançado entre os dois primeiros livros da série e nos traz duas novas estórias, de duas personagens que vivem em mundos diferentes, mas que igualmente passam por muitas dificuldades. 
Em "A Canção da Rainha" podemos explorar melhor os pensamentos e segredos da rainha Coriane, esposa do rei Tibérias VI e mãe de Cal, através se um diário dado por seu irmão, Julian, quando ainda era jovem. Neste diário, Coriane conta sobre o medo de que seu irmão a abandone e seu amor por Tibérias. Ela fala também sobre seus conflitos com Elara Merandus, uma prateada com poderes assustadores.
Nem todos no palácio real ficam felizes com a união de Coriane e Tibérias, e assim as coisas podem acabar indo pelo caminho errado.

No segundo conto, "Cicatrizes de Aço", temos a estória da capitã Farley, que aprendeu a ser forte desde pequena e agora tem a missão de comandar uma operação sozinha pela primeira vez. Nessa missão, Farley precisa recrutar rebeldes e comerciantes fora da lei para tentar um ataque à capital, porém tudo teria que ser tratado em segredo e com extrema discrição. Assim, Farley acaba conhecendo Shade Borrow, um vermelho que acaba sendo de grande ajuda e que a leva até sua irmã Mare que, assim como ele, tem algo diferente, algo que os vermelhos não deveriam ter.

Assim como nos demais livros, todos os personagens e os cenários maravilhosos foram bem descritos pela autora. 
Pudemos conhecer melhor dos personagens, tanto os que já tínhamos mais conhecimento sobre, como dos que até então sabíamos tão pouco. 
A autora conseguiu mais uma vez nos surpreender e nos deixar com gostinho de quero mais.
O primeiro conto é narrado em terceira pessoa, enquanto o segundo é em primeira pessoa. 
Em resumo, gostei dos dois contos e não tenho como decidir qual foi o meu preferido. Após ler "A Canção da Rainha", fiquei com mais raiva que já tinha da rainha Elara e, ao mesmo tempo, me identifiquei muito com a personalidade da Coriane. Antes de ler "Cicatrizes de Aço", não gostava muito da Farley, mas agora entendo seu jeito frio de ser e passei a gostar da personagem.

Resenha escrita por Aline Meirelles

Compre o livros da Série Rainha Vermelha:

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.