[Resenha] - O jogo - Elle Kennedy


Editora: Paralela
Lançamento: 2017
Título Original: The Score
Páginas:342
ISBN: 978-85-8439-057-1

Allie Hayes acabou de terminar seu namoro de três anos com Sean e ainda se encontra no estado melancólico de um fim de relacionamento. Tudo foi decisão dela, que se sentia chateada pela falta de apoio do namorado, mas Sean não parece disposto a deixá-la seguir seu caminho. São inúmeras mensagens carentes, pedindo por perdão, todos os dias e Allie não quer ceder novamente. Sendo assim, para evitar encontrar com Sean, ela acaba indo passar um final de semana na casa do namorado de sua melhor amiga Hannah.
Como eles iriam viajar, Allie teria mais tempo para si e poderia relaxar. Porém, ela não estaria sozinha, dividindo o espaço com Dean Heyward Di Laurentis, o amigo galanteador e mulherengo de Hannah e Garret.
Todos o advertem de que Allie estava passando por um período difícil de fim de relacionamento e obrigam Dean a deixá-la em paz, mas conversa vai, conversa vem os dois acabam passando a noite juntos, o que desespera Allie no dia seguinte.
Ela sabe da reputação que Dean Di Laurentis possui e não está disposta a deixar que ninguém saiba do que aconteceu. Mas o rapaz está sempre atrás dela e Allie fica cada vez mais confusa, porque apesar de tentar esquecer o que aconteceu, Dean não sai de seus pensamentos e ela não sabe mais se - e por quanto tempo - conseguirá resistir ao charme desse cara idiota - e completamente irresistível - do campus.

Não esperava essa química intensa entre nós, mas ela existe e é viciante. E não sei se um dia vou conseguir ignorá-la.


Terceiro livro da série Amores Improváveis, esta obra segue o mesmo padrão de narrativa e diagramação dos anteriores, intercalando cenas narradas por Allie e por Dean em mais um romance cheio de reviravoltas. Os personagens são bem construídos e desenvolvidos, capazes de nos provocar diversos sentimentos de acordo com suas respectivas ações.
Allie e Dean vivem em mundos diferentes. Dean nasceu em uma família rica e bem encaminhada, jogador de hóquei da Briar e prestes a cursar direito em Harvard. Allie sempre quis seguir carreira de atriz. Órfã de mãe e com o pai recentemente diagnosticado com esclerose múltipla, Allie precisou lutar muito para chegar onde estava. E por esse e outros motivos, a última coisa que ela se via fazendo era tendo um relacionamento com Dean Di Laurentis - tanto que a garota desesperadamente tenta esquecer do que aconteceu entre eles. 
Dean no entanto não consegue tirar Allie da cabeça desde que passaram aquela noite inesperada juntos. Decidido a provar para si mesmo que o que sente por ela não é nada além de físico, ele passa a perseguir a garota para conseguir uma outra noite como a anterior e mostrar para si mesmo que não está se apaixonando por ela. 
Este terceiro volume chega a ser um pouco diferente apenas em termos de intensidade. Já conhecemos o jeito de ser de Garret e Logan, protagonistas dos livros anteriores, e a discrepância entre eles e o jeito de Dean é bem significativa. Tanto que este foi o primeiro livro da série que eu fiquei com um pé atrás em relação ao que poderia acontecer, à forma como o livro poderia terminar. Me peguei pensando inúmeras vezes se seria possível terminar com um final feliz, pela forma como os acontecimentos nos guiam pelas páginas e pela forma como Dean e Allie se relacionam. Suas mentes são cheias de dúvidas, incertezas e tudo isso é facilmente transmitido ao leitor, que deseja que os personagens fiquem juntos, mas ainda sente uma enorme pontada de incerteza em relação a isso. 
Apesar dos contratempos, contudo, "O Jogo" se mostrou tão apaixonante quanto os demais da série e, como já era de se esperar, me conquistou em cada momento, só deixando para trás aquele gostinho de quero mais e a ansiedade para que o próximo volume não demore a chegar para nós!

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.