[Resenha] - Um verão para recomeçar - Morgan Matson


Editora Novo Conceito
Lançamento: 2017
Original: Second Chance Summer
Páginas: 349
ISBN: 978-85-8163-662-7


Taylor não tem exatamente o melhor relacionamento com a sua família. Não se dão mal, mas também não são as pessoas mais unidas do mundo. Seu melhor companheiro na família é seu pai, um homem atencioso, bondoso e simpático que é muito amado por ela, embora Taylor nunca tenha dito isso com todas as palavras. Mas tudo muda de repente para a garota quando ela percebe que seu pai está muito doente e que os médicos lhe dão pouco tempo de vida - não crendo que ele poderia aguentar até o final do verão. A tão inesperada notícia abalou totalmente a família de Taylor.

Procurando então um meio de poder aproveitar as férias o melhor possível com o pai, a família parte para passar este tempo na casa de veraneio no lago Phoenix, para onde iam todos os verões até cinco anos antes. E na cidade onde Taylor cresceu aproveitando as praias e o calor, ela acaba por reencontrar sua ex-melhor amiga, Lucy, e seu primeiro namorado, Henry, duas das pessoas mais queridas da sua vida e que há cinco anos ela abandonou inesperadamente. Cercada por lembranças que preferia deixar em seu passado, Taylor terá que enfrentar seus dias da melhor forma possível para ficar ao lado de seu pai no momento em que ele mais precisa, vencendo sua vontade de fugir sempre que algo ruim acontece.

Foi somente então, quando cada dia que eu passava com ele era contado, que eu percebi o quanto eles eram preciosos. Milhares de momentos para os quais eu não tinha dado o devido valor - principalmente por achar que teríamos milhares de outros.

Ainda que seja a única certeza da vida, nunca estamos preparados para a morte. Seja ela inesperada ou infelizmente aguardada, a dor de se perder um ente querido é sempre a mesma. Tal sofrimento que vem em forma de lágrimas e tristeza por sabermos que, até nos reencontrarmos novamente, teremos que caminhar sozinhos por um longo tempo. Taylor se vê arrasada ao descobrir que seu pai esta com câncer e que os médicos lhe dão pouco tempo de vida. E é com isso que começa a história de "Um verão para recordar". Taylor aceita viajar para o lago Phoenix para passar um ótimo verão ao lado do pai, mesmo que este seja o último lugar para o qual ela realmente tem vontade de ir por causa do seu passado que a atormenta. Pela trajetória de Taylor, é notável que este livro trata de assuntos profundos, como relacionamentos conturbados, amor e companheirismo, evolução pessoal e como uma simples viagem pode mudar sua vida. 


A narrativa discorre em primeira pessoa sob o ponto de vista da Taylor, nossa protagonista. Ela nos fala sobre a dificuldade de se estar aos poucos perdendo um ente querido e como tem sido difícil seguir adiante escondendo a sua dor dos demais na tentativa de que tudo fique bem e que ela não precise fugir de seus medos novamente. Muitos momentos da personagem fazem com que seja inevitável se identificar com ela em sua trajetória, afinal todos já tivemos problemas dos quais quisemos fugir para esquecer. Taylor é uma personagem que gostei bastante de conhecer por isso, pois com ela podemos aprender a lidar com nossos problemas de forma mais madura. Juntamente com essa evolução da personagem, a evolução de um relacionamento familiar que antes não parecia ter nada de especial. Apresenta sobretudo a importância de ter ao seu lado pessoas que compartilhem contigo não somente os bons momentos, assim como os maus, em que um ombro amigo é tudo do que precisamos, especialmente vindo de nossos familiares.

As coisas eram assim desde que me entendia por gente - Warren era o inteligente, Gelsey era a talentosa e eu era simplesmente a Taylor, sem talento algum para nada.

Apesar de o livro possuir cenas de romance, aos meus olhos os pontos mais bonitos do livro inteiro foram as cenas de conciliação e apoio familiar, a união fraterna que se desenvolveu de forma encantadora durante o desenrolar de toda a história. Os laços que se formaram entre Taylor e seus irmãos mostra que, independente das desavenças, nossos irmãos possam ser nossos portos seguros e dividir os sentimentos que nos afligem como ninguém. O romance então fica claramente em segundo plano, embora esteja bastante presente, pois o foco principal em Um verão para recordar é apoio e amor familiar. É nos ensinar a saber lidar com as intervenções da vida e aceitar o que não podemos mudar. É nos mostrar que sempre há alguém por perto a nos oferecer ajuda. E que nunca estamos sozinhos.


4 comentários:

  1. Olá, tudo bom? Eu estou procurando romances com histórias mais profundas para ler, porque to numa ressaca desses romances mais comuns, se começo um desses romances sempre empaco. Então adorei a resenha e já adicionei na minha wishlist. Haha... obrigadda pela dica.
    °Bjs

    https://byangelaserrano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela, tudo bem e você?
      Fico feliz que a resenha tenha despertado seu interesse, este livro realmente pode ser impactante se lido com o coração. Por isso que eu adorei a leitura! Vale muito a pena e pode vir a arrancar algumas lagrimas, sim. Só um aviso rs
      Beijos!!

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Já tinha visto esse livro, e parece ser muito bonito. Adorei a dica e a sua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio "O gnomo Elias"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, tudo e você?
      O livro é muito bom, sim. Vale a pena principalmente por retratar muito bem um assunto bem difícil de lidar.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.