Sociedades distópicas! Estamos longe dessa realidade?

foto retirada do Google

Saudações galera! Estou refletindo há alguns meses sobre as clássicas distopias do século passado e nossa atual sociedade. Para debatermos sobre o assunto vamos primeiro ao significado de distopia, segundo o dicionário: "lugar ou estado imaginário em que se vive em condições de extrema opressão, desespero ou privação; antiutopia." Os clássicos "Admirável Mundo Novo", "Laranja Mecânica", "1984" e "Fahrenheit 451", por exemplo, foram escritos logo após os dois piores momentos da humanidade: as duas grandes guerras mundiais. E não foi por acaso que foram escritos no contexto citado. As distopias literárias se caracterizam por apresentarem um governo, ou forma dele, que oprime a sociedade; o inverso da utopia, que se caracteriza por uma sociedade igualitária, equilibrada e perfeita em todos os sentidos. Ao analisarmos as distopias, todas apresentam características em comum: 

1 - um regime totalitário que segrega e oprime a população como um todo;
2 - independente do sistema adotado, tal sistema se deu após o declínio da sociedade, seja por atos causados pelo ser humano, ou por catástrofes naturais, causadas pelo já citado ser humano;
3 - e o uso da tecnologia em estado mais avançado que o atual, seja para controlar, monitorar e até mesmo julgar e aplicar a lei totalitária.

foto retirada do Google
As distopias são um claro aviso a nossa atual sociedade: é preciso refletir e tomar decisões sobre o caminho que a humanidade está percorrendo. Infelizmente o ser humano possui uma terrível característica: repetir os erros do passado! Isso somado ao avanço tecnológico e ao conhecimento científico cada vez maior pode ser uma combinação bombástica! Literalmente! Depois das duas grandes guerras, as chamadas "guerras frias" têm assustado e deixado todos sob alerta. Ameaças, espionagens, testes com armas químicas e biológicas, governos ditatoriais, tudo isso corrobora para a combustão de um caldeirão que pode explodir a qualquer minuto! Os governos com o pretexto de que "os fins justificam os meios" alegam que querem proteger a democracia e a ordem. 

foto retirada do Google
Mas o que temos visto nessa última década é um assustador crescimento de partidos com filosofias extremistas ganhando eleições pelo mundo afora, como nos EUA, e em países europeus como a Holanda e Grécia. Além do avanço em outros países como Alemanha, França, Itália e aqui no Brasil. Eles prometem assegurar os direitos da família, proteger a sociedade dos criminosos punindo - os de forma mais severa, etc. Entretanto nada que seja extremista pode trazer benefícios. Não estou dizendo que uma sociedade não deve ser democrática e ter ordem, mas sim como tal democracia e ordem será imposta. Lembrem-se que todas essas conhecidas distopias revelam que, apesar de tais sistemas extremistas serem a primeira vista a solução para os problemas, no fim eles se revelam um problema muito maior do que aqueles que prometeram solucionar. O outro extremo também não é solução. Afinal, precisamos de leis e ordem para manter uma sociedade racional. O que levanta meu questionamento e o motivo desse post é: o que parece ser um caminho inevitável que acabará em um regime distópico desses. E será que alguém se levantará para nos devolver os direitos que hoje temos? 

foto retirada do Google

Você acha exagero da minha parte? Pense no nosso atual cenário: segregação e perseguição das minorias (sejam ideológicas, religiosas, de qualquer gênero, de sexo, refugiados); mais a rivalidade entre os países que participaram das duas grandes guerras; mais a rivalidade e confrontos entre os países do ocidente x oriente; ameaças e testes com armas de destruição em massa; mais o atual nível de monitoramento tecnológico. Para a terceira guerra mundial talvez falte apenas um estopim que acenda de vez a tensão já existente! Espero que possamos achar um caminho que nos distancie desses regimes distópicos. Contudo, a corrupção humana me traz um sentimento de dúvida. Você pode pensar, mas e a ONU? Foi um esforço válido a criação desse órgão, todavia, é evidente que diante de um estopim que leve a um grande conflito em escala global, eles nada poderão fazer! E você caro amigo leitor, qual sua opinião sobre isso? Deixo com vocês esses questionamentos... 

2 comentários:

  1. Nossa me deu uma angústia... Pensar no caminho que todas as sociedades estão tomando é terrível. Gostei muito dessa reflexão, penso que para um mundo mais evoluído nos ja vivemos uma distopia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ellen! Se analisarmos alguns pontos isolados, já vivemos sim uma certa distopia. Infelizmente a tendência é piorar! Se nada acontecer, as próximas gerações estarão perdidas!!!

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.