[Resenha] - A Faca Sutil - Phillip Pulman

Editora : Companhia das Letras
Selo : Suma de Letras
Série : Fronteiras do Universo livro II
Título original : The Subtle Knife
Gênero : Literatura inglesa / Fantasia / Infanto Juvenil
Lançamento : 21/08/2017 
Número de Páginas : 288
Tradução : Eliana Sabino
ISBN : 9788556510440


"A Faca Sutil" é a continuação de "A Bússola de Ouro" (resenha aqui). Portanto essa resenha pode conter spoiler do primeiro livro. Após ser pega de surpresa, Lyra se vê agora perdida em um outro mundo paralelo ao seu. Lorde Asriel desapareceu, e Lyra não sabe onde está, e nem onde ele foi parar. Sua única companhia é Pantailamon, seu amado daemon. Nesse novo mundo, Lyra logo percebe algo intrigante : não se encontra quase nenhum adulto ali. Muitas crianças vivem sem nenhum adulto por perto. As cidades parecem que foram abandonadas pelos maiores de idade. Casas, lojas, prédios, tudo foi deixado para trás, e muito pouco foi levado. Portanto, as crianças vivem com tudo que esses lugares oferecem a disposição para que eles usem da maneira que desejarem. Mas tudo muda para ela quando um jovem menino aparece "do nada". Ao questionar o aletiômetro, ele é enfático : Lyra deve ajudá-lo a encontrar o pai.

“À luz do poste da rua, ela moveu com cuidado os ponteiros do instrumento e relaxou a mente na forma de uma pergunta. O ponteiro começou a girar em torno do mostrador em uma série de pausas e arranques quase rápidos demais para os olhos.
Ela tinha perguntado: O que ele é, amigo ou inimigo?”

Na nossa Terra, Will Parry é um jovem com imensas responsabilidades. Seu pai desapareceu a alguns anos em uma missão no Ártico. Sua mãe passou a ser atormentada por algum tipo de doença psíquica, e é ele quem cuida dela e da casa. Seu pai deixou algumas anotações sobre sua pesquisa, e quando homens perigosos começam a buscá-las, Will decide deixar sua mãe sob cuidados de uma amiga, e encontrar seu pai. Nessa busca ele não imaginava encontrar uma passagem para um novo mundo muito estranho! Um mundo sem adultos, onde crianças vivem livres. Logo uma garota diferente chama sua atenção! Ela tem a companhia de um estranho animal que muda de forma! Will pensa estar enlouquecendo (como se atravessar para um mundo paralelo ao seu não fosse loucura suficiente!). Não demora para que ele e Lyra passem a conviver e descobrir que precisam de um ao outro para atingirem seus objetivos. Tudo parece fantasioso demais para Will : um mundo onde os adultos são atacados por seres invisíveis, uma garota que possui sua alma ligada a ela em forma de qualquer animal, um tipo de bússola que responde a qualquer pergunta que a garota quiser... mas são coisas que se provam reais. E quando um adulto cruel tira deles o aletiômetro, eles são obrigados a pegarem um objeto ainda mais peculiar : a faca sutil. Com ela é possível abrir fendas entre os mundos, e transitar por eles. Will e Lyra não imaginam, mas eles são a base de uma profecia que mudará para sempre a vida em todos os mundos.


A leitura desse segundo livro foi bem mais prazerosa que o primeiro. Agora acostumado com os elementos fantásticos mais importantes da estória, podemos nos concentrar na ação dos personagens. Confesso que não faço ideia alguma de onde o autor quer chegar, mas sei que será épico! Ele construiu uma trama sólida e cheia de possibilidades. A expectativa é grande para o terceiro e último livro. Os personagens tem motivações fortes e personalidades complexas. Nem tudo é o que parece ser, e não podemos ter certeza de nada. A leitura flui muito bem, e a curiosidade foi mantida por todo o livro. Os elementos fantásticos continuam com grande destaque, e são um dos principais pilares de toda a trama. A convicção que essa trilogia é um clássico do gênero é reforçada a cada livro. A vontade de ter um daemon não diminuiu nem um pouco, pelo contrário, apenas aumentou! Rsrsrsrs... Que venha "A Luneta Âmbar" para fechar essa  fascinante estória com chave de ouro e os louros da vitória!
" - Existem dois grandes poderes, e eles lutam um contra o outro desde o início dos tempos. Eles disputam, arrancando dos dentes um do outro cada progressona vida humana, cada passo nosso no conhecimento, na sabedoria e na decência. Cada pequeno avanço na liberdade humana foi disputado ferozmente entre aqueles que querem aumentar o nosso conhecimento para que sejamos mais sábios e mais fortes, e aqueles que nos querem obedientes, humildes e submissos. E agora esses dois poderes estão se preparando para a guerra. E cada um deles quer a sua faca mais do que qualquer outra coisa. Você tem que escolher, garoto. Nós dois fomos guiados até aqui : você com a faca e eu para lhe falar dela."

4 comentários:

  1. Essa é tipo aquela trilogia que eu nunca li, mas que já sei praticamente do que se trata e que já sei que irei gostar. A grande questão que fica é, será mesmo que irei gostar? HAHA e essa sua resenha ajuda justamente por isso, porque já sei o que esperar . Adorei!

    https://livrosserieseartemania.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu como é Ellen! Também tenho livros assim... Espero muito q vc goste!!! Fico feliz por minha opinião estar ajudando!!! Beijos

      Excluir
  2. Eu já tinha me interessado muito com a tua primeira resenha, achei a proposta incrível do autor, vejo que são realmente livros que te dão aquelas leituras recheadas de aventura e magia (tudo que eu gosto).

    Adorei a resenha e as fotos estão um arraso!

    Beijo da Mi
    www.estantedami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou Mi! É isso mesmo, livros repletos de magia, aventura, mistérios e muito mais... Obrigado pelo apoio de sempre! Beijos...

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.