[Resenha] Batman : A Piada Mortal - Alan Moore

Título Original : "Batman : The Killing Joke"
Lançamento : março de 1988
ISBN : 9788573515473
Páginas : 86
Editora : DC Comics
Autor : Alan Moore
Ilustração : Brian Bolland e John Higgings

Essa é a distância entre o mundo e eu... Apenas um DIA RUIM.

"Batman : The Killing Joke" ou simplesmente "Batman : A Piada Mortal" é um clássico das HQs do Cavaleiro das Trevas, sendo uma das mais importantes, por nos dar um pequeno vislumbre da trágica origem de seu maior inimigo : Coringa. Tudo começa no asilo Arkham, onde vivem os mais lunáticos e perigosos criminosos de Gotham, até mesmo, o Palhaço do Crime, pelo menos é onde ele deveria estar. Batman estava indo encontrar Coringa em Arkham para tentar acabar com essa guerra entre eles de uma vez por todas, pois ele sabia que no final, um acabaria matando o outro. Batman entra na sala e logo começa seu diálogo com seu rival, mas logo descobre que aquele não era o Coringa, na verdade era um outro criminoso disfarçado para que ninguém percebesse que o verdadeiro Coringa havia escapado, mas dessa vez ele não escapou simplesmente para fugir, agora ele possuía um propósito maior... Ele queria provar um ponto de vista !!!



Coringa acreditava que qualquer homem com sanidade mental poderia enlouquecer de vez apenas tendo um dia ruim, pois foi o que aconteceu com ele no passado antes de virar a loucura em pessoa. Então ele decidiu provar sua teoria aterrorizando um dos homens com maior equilíbrio de Gotham, o comissário Gordon, envolvendo até mesmo a sua filha Bárbara Gordon, também conhecida como a ex-Batgirl.

A HQ "A Piada Mortal" é sem sombra de dúvidas uma obra prima, isso acaba sendo mais evidente se prestarmos atenção nos detalhes mais sutis, como os flashbacks que vão alternando entre o presente e o passado de Coringa. Inclusive muitos fãs do palhaço acreditam que essa seja a sua verdadeira história de origem, pois ao longo dos anos tivemos diversas histórias com muitas origens diferentes de acordo com o que o autor acreditava, mas poucas foram tão impactantes como essa versão escrita por Alan Moore, pois ela conseguiu mesclar diversas histórias do Batman, como a sua primeira aparição na revista "Detective Comics #27" em que vemos ele lutando contra uma gangue em uma indústria química com o seu líder intitulado de Capuz Vermelho, mas ao tentar fugir, Capuz vermelho acaba caindo em um poço de produtos químicos que acabou deixando sua pele branca e seus cabelos esverdeados. ;)

Demonstrei que não há diferença entre mim e outro qualquer! Só é preciso um dia ruim pra reduzir o mais são dos homens a um lunático.

Após alguns anos, foi explicado que o título de Capuz Vermelho não foi usado por uma só pessoa, mas sim por diversos criminosos que não queriam revelar a sua identidade. Em alguns casos, eles eram forçados a utilizar o disfarce por seus companheiros, pois se caso fossem pegos, eles diriam que tudo foi obra do tão temido Capuz Vermelho. Essa história teve uma breve homenagem no filme "Batman" do Tim Burton e também no filme Esquadrão Suicida que foi lançado em 2016 na cena em que mostra Harley Quinn (Margot Robbie) caindo no mesmo poço que o Coringa caiu anos atrás.

Infelizmente nunca tivemos uma real confirmação de que essa seja a verdadeira origem do Coringa, alguns fãs acham que é melhor assim, pois isso torna o vilão enigmático e imprevisível, se tornando assustador, mas isso pode mudar. Foi confirmado que finalmente teremos uma explicação sobre uma HQ que dizia que não há apenas UM Coringa, na verdade exitem TRÊS pessoas que já utilizaram esse nome, como consequência teremos a versão oficial da origem do Coringa, ou no caso, "dos Coringas". Pode ser que um deles possa ter tido a sua origem contada em "A Piada Mortal", isso explicaria uma teoria criada por fãs de que o Coringa dessa edição foi assassinado pelo próprio Batman no final da HQ.

Resultado de imagem para batman a piada mortal hq

A personalidade do Coringa em "A Piada Mortal" se tornou tão simbólica para os fãs de quadrinhos que serviu de inspiração para o ator Heath Ledger, que interpretou o vilão em 2008 no filme "Batman : O Cavaleiro das Trevas" que é considerado por muitos um dos melhores filmes de super-heróis já feitos na história do cinema, isso se deve ao ator do Coringa que espantou a todos com a sua fantástica atuação para o filme, inclusive muitos acham que ele foi o melhor Coringa trazido para as telonas até então (Confesso que eu concordo plenamente com isso !!!)

Portanto, essa não é apenas mais uma HQ que mostra a briga de gato e rato entre o Batman e o Coringa, mas na verdade, ela demostra um ciclo infinito, isso é mostrado de maneira implícita ao percebermos que o primeiro e o último quadrinho da HQ são exatamente os mesmos : um chão com gotas de chuva. Pode ser apenas um detalhe, mas simboliza que essa guerra entre dois nunca terá um fim, pois após tudo acabar, tudo irá recomeçar.

É tudo uma piada! Tudo pelo que as pessoas lutam e dão valor não passa de uma monstruosa e insensata anedota! Então por que você não vê o lado engraçado? Por que você não está rindo ?

"Batman : A Piada Mortal" é uma HQ sensacional, com ótimos diálogos, cenas incríveis e pequenos detalhes que serviram para muitas  teorias dos fãs, mas sem deixar pontas soltas na história. Com certeza é uma HQ que marcou a história de todos os personagens que participaram. Lembrando que tivemos uma adaptação desse quadrinho em formato de animação que divide opiniões, mas na minha opinião pessoal, eu recomendo cem vezes você ler a HQ, pois é uma sensação completamente diferente, assim você não perderá os detalhes de uma fala, cenário, etc.

Essa resenha foi sugerida por um dos nossos seguidores no Instagram, por isso não deixe de conferir o nosso perfil : @leituravirtual !!!

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.