[Resenha] - Tempestade de Guerra - Victoria Aveyard


Editora: Seguinte
Lançamento: 2018
Original: War Storm
Páginas: 695

Observação: esta resenha contém inevitáveis spoilers dos livros anteriores da série!

Após ser trocada pela coroa, Mare Barrow se sente devastada e magoada. Ela não espera que Tiberias Calore pudesse preferir se tornar rei depois de tudo que passaram juntos. Mare então decide se dedicar somente e inteiramente à sua causa, a Guarda Escarlate. Sua família e seus amigos são sua prioridade e, embora não admita, faria tudo para proteger Cal - e ele certamente faria o mesmo por ela. 

Sairemos disso destroçados e irremediáveis, mas juntos? Ou separados?

Em contrapartida, Evangeline Samos se vê presa a um casamento que tem como finalidade unificar a nova Norta e o Reino de Rift. Para ela, o casamento é uma prisão que a impede de ficar perto das duas pessoas que mais ama – Ptolemus Samos e Elane Haven. Norta, Guarda Escarlate, Montfort e Rift, cada um com interesses diversos, lutam lado a lado contra o maléfico Maven Calore e sua mais recente aliança, Lakeland; conquistada ao se casar com a princesa Iris Cygnet. 


O começo do livro é um pouco parado e cansativo, apesar de ser importante para o desenrolar da história. Não tem muita ação, pelo contrário, tem muita diplomacia e algumas viagens apáticas. Esse foi o principal motivo pelo qual demorei para ler o livro. Porém do meio ao fim, a coisa "pega fogo"; o que deixa a leitura bem mais interessante. Daí por diante, os acontecimentos vão lhe deixar de boca aberta.

O livro é contado em primeira pessoa como os demais e nos surpreende por ter o ponto de vista de várias personagens; sendo Mare, Evangeline e Iris as que mais se pronunciam.Também conhecemos o ponto de vista dos irmãos Calore (Cal e Maven). Eu particularmente gostei bastante da narrativa, pois nos permite compreender certos comportamentos, principalmente daqueles que a gente julgava odiar – e nos permite começar a odiar novos personagens.

A maioria das personagens continua a mesma, porém Mare conseguiu me irritar em diversas partes do livro. Somente Evangeline teve uma mudança drástica em seus comportamentos, o que me fez gostar mais dela. A magnetron começa a perceber o que realmente é importante para ela. E Maven continua sendo o mesmo vilão que deveria ter tudo para ser odiado, mas que eu não consigo odiar. Victoria nos surpreende com novos cenários, como Montfort, que aparenta ser um lindo país cheio de florestas e montanhas, além de ser um país justo, onde prateados e vermelhos convivem em harmonia.


Esta obra literária é repleta de frases que mexeram com meu coração, a maioria sendo de Evageline. Passei toda a leitura aflita e esperançosa  por não saber o destino dos personagens que tanto amo. Além de uma história incrível, o livro ainda possui um mapa maravilhoso.

Resenha por Aline

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.