Felipe Neto compra 10 mil livros com temática LGBT para distribuir na Bienal do Rio

Na tarde dessa sexta-feira as editoras foram surpreendidas por uma equipe da prefeitura do Rio do Janeiro, os estandes de Bienal foram inspecionados e os livros com temática LGBT foram impedidos de serem vendidos. As autoridades obrigaram os estandes a empalar os livros com plástico preto e colocar classificação indicativa para maiores de 18 anos. 



Isso aconteceu após o Prefeito Crivela publicar em seu Twitter na quinta feira (5) que iria censurar uma HQ que contém um beijo entre dois rapazes. 

Durante todo o dia as editoras postaram em seus instagrams que não aceitariam censura de nenhum dos seus livros e que continuariam a vendê-los. A Faro Editora chegou a colocar um cartaz dando evidência aos livros com temáticas LGBT. 



Nessa tarde, o influenciador Felipe Neto decidiu comprar 10 mil exemplares de livros com temática LGBT e distribuir pela Bienal durante o sábado. Os livros estarão embalados em plástico preto com os seguintes dizeres: “Este livro é impróprio para pessoas atrasadas, retrógradas e preconceituosas".



Os livros adquiridos são: 'Dois Garotos se Beijando', de David Levithan (Galera); 'Arrase!', de RuPaul (HarperCollins); 'Boy Erased', de Garrard Conley (Intrínseca); e 'Ninguém Nasce Herói', de Eric Novello (Seguinte).

Outros protestos também estão sendo organizados para amanhã durante todo o dia.

Um comentário:

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.