[Resenha] - Para sempre interrompido - Taylor Jenkins Reid

  

ISBN-13: 9788584392315
ISBN-10: 8584392319
Ano: 2021 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Paralela

     Elsie e Ben acabaram de se casar, acabaram mesmo, faz apenas 9 dias que eles disseram sim no altar. Eles estão apaixonados e fazendo planos para o futuro a dois. Naquela noite Elsie pede que Ben vá comprar cereais para ela, e ao sair de bicicleta dizendo EU TE AMO, nenhum dos dois imagina que seria a última vez que se veriam. 

    O livro inteiro é uma narrativa pesada e triste sobre o luto de uma mulher ao perder seu marido de forma trágica. Em contrapartida conhecemos os detalhes do início do relacionamento deles, mostrando a conexão profunda que eles tem desde o primeiro encontro. O que inevitavelmente nos deixa tristes porque o Ben era um homem maravilhoso e o par ideal da Elsie.

    Além de lidar com o luto ela precisa também encarar o que a morte de Ben lhe trouxe: uma sogra que não sabia de sua existência e também está de luto, descontando toda sua tristeza na única pessoa que tem próximo. Elsie pode contar com sua melhor amiga Ana, que fica do seu lado em todos os momentos que ela precisa, mas uma mudança tão drástica na vida de alguém deixa marcas que nem sempre conseguimos lidar, e a amizade delas poderá sofrer nessa nova realidade.

Nada disso é conveniente pra mim. O mais conveniente pra mim seria dormir e nunca mais acordar. Isso, sim, seria muito conveniente. Conveniente pra mim seria estar no trabalho, porque esta tudo certo e Ben vai estar em casa para o jantar às sete horas e vamos comer tacos. Isso seria conveniente pra mim. Conversar com a sogra que só conheci ontem sobre o funeral o meu marido morto não é nada conveniente para mim, não importa a que horas aconteça.  


    Elsie é uma mulher em luto, triste e descrente e tudo o que ela quer é desaparecer do mundo. Não importa quantas pessoas tentem ajudá-la, ela não quer ajuda, ela não quer sobreviver a isso. Mas com o passar dos meses a dor se modifica e ela vai percebendo que deve continuar vivendo, mesmo não sabendo exatamente como.     

    A narrativa da Taylor Jenkins Reid é espetacular, eu li o livro em dois dias, só parei de ler no primeiro dia quando já estava super cansada e era 3h da manhã. O livro te envolve e mesmo não sendo uma narrativa que levará você até um climax você quer saber como Elsie lidará com o inevitável. Você sofre com ela pela morte de Ben e quanto mais você conhece ele mais lamenta sua perda, e acaba precisando também viver o luto junto com a protagonista. 

    O livro é narrado sob a perspectiva de Elsie e por isso você sabe sempre o que ela está pensando, estar na cabeça dela 100% do livro é doloroso e as vezes também irritante, porque ela está tão afundada no seu luto que acaba sendo injusta com outros personagens ou até pessoas que nada tem a ver com o que ela passando. É um livro de perda e de como seguir em frente mesmo quando as pessoas não querem, porque viver é um desafio todos os dias.    


Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)