[Livro X Filme] Frankenstein - Mary Shelley

Esse texto contém spoiler

Sendo um dos clássicos de horror mais conhecidos de todos os tempos, Frankenstein foi criado por Mary Shelley após um pesadelo que a autora teve, na qual um homem costurava partes de cadáveres na tentativa de criar um novo ser com vida.
Logo, isso serviu de inspiração para que a mesma desse origem a obra que conta a história de Victor Frankenstein, um homem obcecado por conhecimento e que jamais aceitou que um ser humano simplesmente deixasse de existir (juntamente com suas memórias, conhecimento e ideias) pelo simples fato de morrer.
Quando sua mãe morre ao dar à luz a seu irmão, Victor não se conforma e decide logo iniciar seus estudos que encontrariam uma forma de dar vida à matéria inanimada.
Juntando partes de corpos humanos no cemitério e se isolando por meses em seus experimentos, Frankenstein dá origem à uma criatura de aspecto repugnante e perverso, a qual, para sua surpresa, possuía pensamentos e sentimentos humanos, além das habilidades de fala e escrita.
Arrependido de sua monstruosa e abominável criação, Victor renega o ser, que passa a sofrer pela aversão e pavor que desperta em todos de quem se aproxima.
A criatura revolta-se por não ser amado nem pelo próprio criador, implorando por afeto e afirmando ser dotado de bons sentimentos e da necessidade da recíproca. Como seguiu sendo escorraçado, decide também destruir a existência de seu criador, o responsável por tamanha desolação.
Em uma passagem afirma: 

“tenho um amor em mim que nem pode imaginar e uma fúria em mim que nem pode acreditar. Se eu não puder satisfazer uma, hei de satisfazer a outra. Eu era bom e minha alma transbordava de amor, mas a intolerância dos outros me ensinou a odiar.”

A partir desse ponto, a criatura destrói a vida de seu criador, perseguindo-o e matando sua família, com a promessa iminente de que Victor se sentiria tão infeliz quanto ele.
O desfecho se dá quando, na noite de núpcias de Victor e Elisabeth (a menina que cresceu com ele e única mulher que amou na vida), a criatura reaparece e assassina a amada esposa de Frankenstein, arrancando seu coração.
Nesse momento, livro e filme seguem caminhos diferentes. No livro, a criatura havia proposto a Victor a criação de uma parceira que fosse tão monstruosa quanto ele, para amá-lo do jeito que era. Diante da não aceitação de Victor, a criatura resolve matar Elisabeth para também negar à Victor os prazeres dos quais foi privado. Depois disso, ambos seguem em uma perseguição no extremo norte, onde fazia um frio era congelante, ao qual Victor não resistiu e acabou morrendo.
Já no filme, também ocorre a negação de Victor em criar uma parceira para a criatura, mas, após Elisabeth ser assassinada, ele não se conforma com a perda de sua esposa e, costurando suas partes, dá vida à ela novamente, mas como seu aspecto fica monstruoso e órgãos que não seus, Elisabeth fica confusa entre criador e criatura e, em meio a pressão que sofre dos dois, destrói a si mesma.
Tanto no livro quanto no filme, após a morte de seu criador a criatura acaba chorando em seu leito e lamentando pelo trágico fim, afirmando que, apesar de tudo, Victor era seu pai, a única pessoa que tinha no mundo.

Texto por Katryne Avila 


Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.