[Resenha] - O menino do pijama listrado - John Boyne

Sinto-me meio atrasada por ter lido esse livro somente agora, o livro foi escrito em 2004, o filme saiu em 2008 e eu só li ele em 2014. Não me perguntem porque demorei tanto para ler esse livro emocionante.
Ele chegou à minha casa, e mesmo eu tendo outros livros na “fila” para ler, resolvi colocar ele em primeiro, vi que eram poucas páginas, e que leria ele rápido. (Quem tem o costume de ler sabe como 192 páginas se vão rapidinhos).
No primeiro capítulo, “Bruno faz uma descoberta” já podemos conhecer Bruno, Maria, a mãe e o pai. Já ficamos sabendo que sua irmã é um Caso Perdido e que eles estão de mudança. O começo do livro se passa em Berlim, no meio da 2ª Grande Guerra e obviamente Hitler está no meio.

O livro tem uma leitura suave, de fácil compreensão. Em certos momentos ele repete frases como “até mesmo aquelas coisas que ele escondera no fundo e que pertenciam somente a ele e não eram da conta de mais ninguém” várias vezes nas passagens durante a mudança, o que nos deixa entrar na cabeça de um menino “ingênuo” durante a guerra. Após a mudança da família de Berlim, eles se deparam com uma nova casa, que tem só 3 andares e não 5, como era a antiga. O que deixa Bruno e Gretel (Caso perdido) intrigados, solitários e tristes. É quando Bruno se depara pela primeira vez com os judeus e então conhece Shmuel, o menino do pijama listrado.
E é nesse momento que as emoções ficam a flor da pele, sentir a pureza e a ingenuidade de uma criança perante uma guerra tão cruel, faz os leitores se emocionarem; O menino do pijama listrado nos mostra como Bruno, uma criança, enxerga os judeus, a guerra, os soldados e Hitler, torna tudo emocionante, lemos o livro com cuidado, com cuidado para não machucar Shmuel, com cuidado para o segredo de Bruno ficar seguro.Lemos o livro com o cuidado que uma criança tem com o seu novo amigo, com o seu segredo.
Com certeza todos que leem “O menino de pijama listrado” se emociona e se apaixona pela amizade sincera de Bruno e Shmuel.
Recomendo muito, mas preparem os lenços.

Resenha por Lari Dallabrida





2 comentários:

  1. Além de emocionante o livro me deixou com muita raiva, é muita ingenuidade pra uma pessoa só! hahahhaha! Mas além disso realmente é de muita sensibilidade. Vale a pena a leitura

    ResponderExcluir
  2. Já li O menino do pijama listrado, amei o livro por sinal, chorei muito, mas é um relato tão intenso e puro, além de muito bem escrito pelo tio Boyne, que não tem como não se emocionar e amar a história de Bruno e Shmuel.

    Ps. Ótima resenha :)

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.