[Resenha] Não Conte a Ninguém - Harlan Coben

Autor : Harlan Coben
Gênero : Policial / Suspense
Editora : Arqueiro
Lançamento : 2009
Número de páginas : 256
ISBN : 978-85-99296-51-6

A resenha de hoje é especial e nostálgica, pelo menos para nossa querida Carol. Não conte a ninguém foi o primeiro texto publicado aqui no blog, de onde vieram todos os outros, a semente que originou a árvore. Eu ganhei esse livro de presente de aniversário da minha linda amiga Jaqueline Moura que mora em São Paulo (beijo Jacky!). Já tinha ouvido falar muito de Harlan Coben, e da sua genialidade, e comprovei a veracidade dos elogios. O livro nos apresenta o casal David Beck e Elizabeth, que se conheceram ainda crianças, e se apaixonaram inevitavelmente. Eles tem um ritual muito romântico, todos os anos eles voltam a um lago, onde tiveram seu primeiro beijo, e marcaram seus nomes dentro de um coração, e uma barra em um tronco de árvore, que representa o primeiro ano deles juntos. Mas ao irem para comemorar seu décimo terceiro ano juntos, uma tragédia os aguardava. Em um momento em que Elizabeth se dirige a barraca armada por eles na margem do lago, ela é atacada. David ouve seus gritos, e corre para a socorrer, mas também é atacado de surpresa, e é deixado desmaiado dentro do lago a mercê da morte.  Oito anos depois Dr. Beck, sim ele é médico, mas especificamente um pediatra, começa a nos contar um pouco do que ele passou esses anos, e dos questionamentos que ficaram sem respostas, como por exemplo, como ele sobreviveu. O livro é narrado pelo seu ponto de vista, e conhecemos um pouco da visão de David acerca daquilo que o rodeia no seu trabalho. É perceptível que ele nunca se recuperou totalmente da perda de Elizabeth, e para piorar, um fato inesperado vem abalar suas convicções. Ele recebe um email, falando da hora do primeiro beijo do casal, e com vinte e uma barras que seriam as correspondentes aquele ano. Ele fica pasmado, e no dia seguinte, na hora do beijo, o email habilita um link de um vídeo, e quando ele assiste, seu coração palpita forte:  Elizabeth aparece na tela!


Eu vivia ouvindo aquele besteirol de "melhor ter perdido a pessoa amada do que nunca ter vivido um grande amor". Outra besteira. Acredite, não é melhor. Não me mostre o paraíso e depois o destrua. David Beck
Completamente perplexo, ele relê o email várias vezes, e algo no final prende sua atenção, um login e uma dica da senha que dão acesso a um site onde terá uma mensagem para ele, e uma frase final: não conte a ninguém! Sem saber o que fazer, David procura seu sogro para tentar descobrir algo sobre a morte de Elizabeth. Ao mesmo tempo ele é procurado pelo FBI e descobre que dois corpos que podem ter ligação com o assassinato de sua esposa foram encontrados enterrados. Para piorar ele passa a ser o principal suspeito da morte dos três. Com a ajuda de uma amiga eles começam a investigar, e contratam uma excelente advogada. O que David não sabe é que pessoas ricas e poderosas estão envolvidas no caso, e ele passa a ser vigiado. Ele procura uma amiga de Elizabeth atrás de respostas que ela possa saber, e no outro dia ela é encontrada morta, mais uma que vai parar na conta dele. A partir disso ele fica desesperado, a polícia consegue um mandato de prisão, mas ele tem uma ajuda inesperada. Um traficante famoso de drogas da cidade, tem um filho que é tratado por David, e é daí que vem a ajuda. Mentiras, conspirações... Conseguirá ele descobrir se Elizabeth está mesmo viva? Se sim porque ela não o procurou antes? Quem são os homens encontrados mortos? Qual o envolvimento deles no caso de Elizabeth? Quem matou a amiga de sua falecida esposa? Porque querem me incriminar? São muitas as perguntas de David, e te garanto que as respostas são surpreendentes.

"Algumas coisas a gente empacota, enfia no fundo do armário e espera não ver nunca mais - mas não consegue dispensar. Como sonhos, acredito." David Beck
Não existem palavras suficientes para descrever tudo que senti com esse livro, era impossível parar de ler. Coben é conhecido como O Mestre das noites em claro. Eu concordo plenamente, me pegava pensando no livro o dia todo. Eu ansiava pelo meus horários de leitura, era difícil ir dormir depois de largar o livro. Pensei em como as coisas podiam se encaixar, descobrir os segredos dos personagens, qual a próximo passo de cada um. Foi meu primeiro livro do Coben, mas com certeza não será o último, quero muito mais dele. Esse é um daqueles livro que toda pessoa deveria ler, as revelações são tão inacreditáveis, está difícil para mim escrever a real sensação que senti lendo essa história. Os personagens são tão cativantes, e o amor do casal é um dos pontos alto do livro. Um amor que mesmo sendo permeado de omissões, é forte, inabalável, convicto, autossuficiente. Eu tenho certeza que você não se arrependerá de ler, mergulhe de cabeça, e saiba que ficará gravado no seu íntimo para sempre aquilo que sentiu ao ler esse livro. Tinha me sentido assim apenas lendo Dan Brown, o qual gosto bastante, contudo, Coben me fez reviver esses sentimentos tão bons. Obrigado Harlan Coben, e continue escrevendo enquanto viver!

5 comentários:

  1. Uau, que resenha! Fiquei muuuuito curiosa. Adoro narrativas com mistérios, tinha parado de ler esse tipo de livro e agora retornei com Agatha Christie, mas confesso que nunca tinha dado muita atenção a nenhum livro de Harlan Coben, Parece ser fascinante! Conseguiste deixar uma pessoa curiosa, Gustavo Henrique. Rsrsrs

    Beijinhos, Hel.
    http://leiturasegatices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helena! Obrigado pela visita! Amo de paixão mistérios e fantasia. Conheço Dan Brown, que é espetacular, recomendo também. Agora Harlan Coben, te envolve de uma maneira arrebatadora! Leia sim, se delicie com esse livro, te garanto que será inesquecível! Fico muito feliz que a minha resenha tenha alcançado o objetivo de despertar a curiosidade do leitor... bjos, volte sempre!

      Excluir
  2. Com certeza essa resenha é empolgante. Pretendo ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Kate
    22 De Setembro De 2017 13:37
    Sou grande fã de Harlan Coben, já li praticamente todos os livros dele. Recomendo! Além desse, meus preferidos são Fique comigo, Que falta você me faz, O inocente, Não há segunda chance e, o mais recente lançado no Brasil, A grande ilusão. Todos fantásticos! Sem contar, é claro, toda a série de Myron Bolitar,meu príncipe encantado, kk.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.