[Resenha] - Neve na Primavera - Sarah Jio


ISBN-13: 9788581637211
ISBN-10: 8581637213
Ano: 2015 / Páginas: 336
Idioma: português 
Editora: Novo Conceito



É dia 2 de maio, primavera em Seatlle. Diferente dos dias normais, há vários centímetros de neve e muito frio. Claire é pega de surpresa tanto com a neve fora de época quanto com o telefonema do seu chefe pedindo uma matéria sobre o assunto. Contrariada, Claire nem imagina o que de tão legal pode escrever sobre a neve, que por mais inesperada que seja, não tem nada de especial. 
Em meio a uma conversa com sua amiga Abby, que também é jornalista e famosa por escrever grandes histórias, ela descobre que uma tempestade inesperada apareceu na primavera de 1933, exatamente no dia 2 de maio. Ao vasculhar sobre a última tempestade, buscando a conexão para uma boa matéria, ela se depara com o desaparecimento de Daniel, uma menininho de 3 anos que sumiu de casa e não deixou rastros. 
É nesse momento que os instintos de Claire se ascendem e ela decide que precisa descobrir o que aconteceu com a criança. 

Em paralelo com a narrativa de Claire, temos a de Vera Ray, mãe de Daniel, que narra os momentos em que o filho desaparece e sua desesperada tentativa de recuperá-lo. A família de Vera é humilde. Nos anos 30, aqueles que não tinham recursos financeiros não podiam contar com a ajuda da policia, por isso o pequeno foi tratado como fugitivo e ninguém se esforçou para procurá-lo, exceto sua mãe.

Durante a busca de Claire pela verdade, nós passamos a conhecê-la melhor. Conhecemos seus traumas, os problemas com o marido e sua vida pessoal. Ela é uma ótima jornalista, mas passa por tantos problemas que não consegue se empolgar com nenhuma matéria. É por isso que a história de Daniel é tão importante: ela faz com que Claire sinta uma emoção que por muito tempo estava esquecida.
"- Minha tia Bee sempre disse que, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, a definição de um verdadeiro amigo não é uma pessoa que te ajuda quando você está passando por maus bocados. - Ela balançou a cabeça. - Qualquer um pode fazer isso. A verdadeira amizade, ela diz, é quando alguém pode apreciar sua felicidade, até celebrar sua felicidade, mesmo quando ele mesmo não está feliz - Olhou pra mim com olhos compreensivos - Você é assim, Claire." 
Neve na Primavera nos conta uma estória inocente, bonita e humilde, onde a autora trata os pequenos detalhes com muita importância. Os capítulos são alternados, ora por Vera em 1933 ora por Claire 80 anos depois. A narrativa, no entanto, não fica cansativa, porque entramos nas duas estórias; quando começa um novo capitulo, estamos envolvidos nos dois enredos. O momento em que as duas estórias finalmente se encontram traz um misto de emoções, pois pensamos na descoberta e ficamos tristes com o que poderia ter acontecido se tudo fosse diferente.

A escrita de Sarah Jio é simples, de fácil entendimento e nos permite uma leitura fluente onde cada página nos faz querer ainda mais do livro. São 336 páginas de pura emoção. Não consigo listar pra vocês nada negativo dessa leitura, porque esse livro realmente me encantou por completo. Como vocês sabem, estórias familiares me emocionam mais do que romances, e, nesse caso, quando eu fechei o livro pela última vez eu senti que alguma coisa dentro de mim havia realmente mudado.


Compre esse livro agora mesmo:



9 comentários:

  1. Oi Carol,

    O enredo me lembra aquelas séries de mistérios que eu amo assistir :D

    www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii Tainan, leia se puder. Porque sinceramente, é um livro maravilhoso demais. Arrisco dizer que um dos melhores que já li. beijos

      Excluir
  2. Oi Carol,
    um dos melhores livros que vc já leu?! Vai automaticamente pra minha lista então. É tão maravilhosa essa sensação, quando um livro te toca de verdade, linda resenha, bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Gustavo, eu fechei a última página e senti meu coração preenchido sabe?! Não fique procurando outras páginas após o fim, e estava tranquila. Foi uma sensação maravilhosa e poucas vezes sentida. Leia mesmo, espero que ele te toque tanto quanto tocou a mim. Beijos

      Excluir
    2. Sim Gustavo, eu fechei a última página e senti meu coração preenchido sabe?! Não fique procurando outras páginas após o fim, e estava tranquila. Foi uma sensação maravilhosa e poucas vezes sentida. Leia mesmo, espero que ele te toque tanto quanto tocou a mim. Beijos

      Excluir
  3. Oi, Carol
    Esse livro parece muito bonito mesmo!
    Creio que se eu fosse a Claire, faria o mesmo
    Fico imaginando o que aconteceu com o garotinho :/
    Adoro narrativas intercaladas! Dá mais profundidade à obra

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kemmy, eu fiquei muito curiosa quando li a sinopse, precisava saber o que aconteceu com o Daniel. A gente acha que o intervalo de 80 anos é muita coisa mas no final das contas não é. Foi incrível. Se você lê venha me contar o que achou!.

      Excluir
  4. Uau, este livro realmente parece ser daqueles que emociona! Sou suspeita para falar Carol, tudo o que tem relação com a neve e o inverno me encanta. Assim que tiver a oportunidade, vou querer ler. Sinto que vou me apaixonar por este livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii Ma, Leia mesmo! Porque vale muito a pena. Esse livro realmente me tocou. Vai fazer o mesmo com você. beijos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.