[Resenha] - Eu te darei o Sol - Jandy Nelson




Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2015
Gênero: Ficção inglesa
Título Original: I'll give you the Sun
Tradução: Paulo Polzonoff Junior
Páginas: 377
ISBN: 978-85-8163-646-7





"Eu te darei o Sol" fala sobre o complicado relacionamento entre os irmãos gêmeos Noah e Jude. Noah sempre foi o filho favorito da mãe enquanto Jude, a favorita do pai. E isto fez com que ambos passassem a vida inteira competindo por tudo, apesar de sempre buscarem apoio um no outro nos momentos mais complicados.

Até que vários acontecimentos, incluindo a trágica morte da mãe de Noah e Jude, acabam causando o afastamento entre os dois irmãos, que passaram a ter um relacionamento mais difícil e cheio de mentiras. Ainda que morando na mesma casa com o pai, os dois seguiram caminhos completamente distintos.

Agora, Noah e Jude precisam encarar suas vidas de forma diferente  e lutar contra os dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém. E neste mundo de disputas e vinganças, no fundo ambos compartilham da mesma vontade: a de se reconciliar com o irmão e voltar a ser uma família novamente.

"E tudo dentro de mim está em silêncio, em paz e certo. Respiramos e nos deixamos levar. Imagino nós dois nadando sob o céu noturno até a Lua brilhante e espero me lembrar dessa imagem pela manhã, para poder desenhá-la  e lhe dar de presente. Antes de dormir, ouço-a dizendo:                                                                             - Ainda te amo muito.                                                                   E digo:                                                                                         - Eu também."                                                                           (Noah, página 270) 

"Eu te darei o Sol" é um livro muito intenso, talvez o mais intenso que já li até hoje em relação a laços fraternos. O título em si já é forte o bastante e eu imaginei que este seria um livro pelo qual eu iria me apaixonar. 

A narrativa é dividida entre os dois personagens. As partes contadas pelo ponto de vista de Noah se passam antes do acidente da mãe e as de Jude se passam depois. Em cada uma delas, os personagens relatam seus problemas, dúvidas e preocupações em relação aos seus atos e à vida que levam.


Eles se culpam por coisas que fizeram e não acreditam que poderão ser perdoados um dia. Noah e Jude sabem que magoaram um ao outro várias vezes e deixam este sentimento de culpa se colocar entre eles, impedindo que se tornem confidentes novamente.

Relacionamentos entre irmãos gêmeos são fascinantes a meu ver. Toda aquela sintonia que eles possuem entre eles é maravilhosa. Se um cair, o outro sentirá a dor. "Eu te darei o Sol" é um livro para todos, mas quem tem irmãos (gêmeos ou não) sentirá algo mais durante a leitura. Você se identifica com várias passagens do livro. Em minha opinião, nossos irmãos são nossos maiores confidentes, por vezes até mais do que nossos pais, e eles estarão sempre lá para nos oferecer aquele ombro amigo quando precisarmos. 

"Permito-me sentir o horror e me rendo a ele em vez de fugir, em vez de me convencer que tudo pertence a Noah, e não a mim, em vez de colocar todo um índice de temores e superstições entre mim e este horror, em vez de me mumificar em camadas e mais camadas de roupas para me proteger, e caio com a força de dois anos de luto contido, o sofrimento de dez mil oceanos finalmente rompendo diques dentro de mim...                                                         Deixo que meu coração se parta.                                                     E Noah está aqui, forte e firme, para me segurar, para me abraçar durante a queda, para ter certeza de que estou segura." (Jude, página 354) 

"Eu te darei o Sol" é uma obra muito linda, que nos ensina os valores das coisas que temos em nossa vida, das pessoas ao nosso redor. Ensina que nunca devemos desistir de nossos sonhos e que nunca é tarde demais para consertar as coisas. 





Arrisque-se. 
Uma, duas, três, quatro vezes.
Reconstrua o mundo.

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.