[Resenha] - Querubins - Martha Ricas

A Sentença da Espada
Editora: Novo Século
Lançamento: 2015
Gênero: Ficção / fantasia brasileira
Número de páginas: 239
ISBN: 978-85-428-0464-5

Chaya é uma querubim enviada à Terra para proteger uma vila inteira de criaturas das trevas. Apesar de não possuir afinidade pela raça humana, ela aceita sua missão em nome de Deus e passa a viver entre os humanos disfarçada. Durante a sua estadia em Kernev ela conhece Vougan, um homem de bom coração e logo os dois tornam-se amigos. Com a ajuda dele, Chaya começa a realizar sua missão na pequena vila e contra a sua vontade, vai se afeiçoando aos humanos que conhece pelo caminho, ainda que saiba que ali não é realmente o seu lugar e logo terá que dizer adeus.

Mary Grace Davidson é uma jovem que mora com os pais e tem o dom de sentir, ouvir e ver seres espirituais. Ela se dá muito bem com o pai, mas seu relacionamento com a mãe é conturbado. Mrs. Davidson insiste para que a filha encontre um bom marido e tenha um casamento e uma vida apropriados, mesmo tendo Mary Grace dito que não pretende se casar. Mas sua vida toma um rumo inesperado quando ela começa a se aproximar de Anton Haven, um jovem atraente e misterioso, e a única pessoa que sabe dos dons de Mary sem vê-la como louca. Mal sabe ela que o modo de agir de Anton não é simplesmente pura simpatia, faz parte de um plano muito maior. E Mary Grace faz parte dele.

Uma guerreira dos céus e uma dama vitoriana que possuem muito em comum. Com uma guerra entre o Bem e o Mal por vir, Chaya e Mary Grace precisam usufruir de seus poderes para salvar o mundo em épocas diferentes antes que seja tarde demais.
"Anton. Era ele quem havia mudado isso em mim, percebi. Uma pena que tenha sido preciso que outra pessoa mostrasse como estava matando minha essência durante anos sem me dar conta. Mas senti uma gratidão por ter acontecido. Seja lá o que ocorresse esta noite, eu não deixaria que nada fosse imposto a mais sem lutar. Não mais." (Mary Grace)
Foi há pouco que descobri a minha paixão por livros que falem sobre anjos. Não consigo explicar com exatidão como ela surgiu, mas afirmo que todos os romances que abrangem este assunto tocam lá na alma. Com "Querubins" não poderia ser outra coisa. O livro é narrado sob os pontos de vista da Chaya e da Mary Grace, com uma diferença de mais de cem anos entre eles. 

Com uma leitura fluida em primeira pessoa, o livro é muito bem elaborado do começo ao fim. Todos os acontecimentos ali colocados se interligam e nada fica sem sentido. A trama criada por Martha Ricas é sensacional, não há palavra melhor para descrever. O jeito como ela escreve, com uma mistura de mistério e romance, relatando de formas diferentes as duas épocas, prende facilmente o leitor e deixa o livro muito vivo. É clara a forma como se consegue sentir as emoções que emanam das páginas deste livro e é muito fácil se apaixonar por personagens criados pela autora. São inteligentes, fortes, carismáticos à sua maneira e quando percebemos, já estamos torcendo por eles. 

Outro ponto incrível é a descrição de cenários: seja a pequena vila de Kernev em 5 a.C. ou a Inglaterra da Era Vitoriana. A autora conseguiu definir bem as partes de sua história e não há como você ficar perdido nessas "viagens no tempo" que preenchem o livro todo. 


"Querubins" é o romance de estreia de Martha Ricas e faz parte da coleção Talentos da Literatura Brasileira mostrando-se merecedor de pertencer a tal categoria. Um livro extremamente cativante. A autora está de parabéns.

Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.