[Resenha] - Mônica - Wagner Rms

Gênero : Literatura brasileira / Ficção 
Editora : Clube dos autores (lançamento independente) 
Lançamento : 2015
Número de páginas : 151
ISBN : 9788592027001

Olá galera bookaholic! Hoje trago para vocês a resenha de mais um livro nacional, Mônica. O autor disponibiliza em seu site uma parte do primeiro capítulo desse livro. Quando eu li essa referida parte, imediatamente em quis ler o restante! A protagonista dessa instigante história é a agente Mônica Deveraux; sim agente! Ela faz parte de uma organização secreta do governo brasileiro, os Dragões Vermelhos. Essa organização é comandada por cinco senadores da República, sendo o principal deles o senador Coriolano. Contudo Mônica não é uma agente comum, pelo contrário, ela deve ser a única no mundo com certas habilidades especiais. A sinopse nos informa que Mônica foi morta durante o regime militar brasileiro, entretanto ela retornou à vida transformada em uma poderosa criatura da Escuridão. Esses poderes a tornaram praticamente imortal, com velocidade e um instinto de matar fatal. Além disso ela tem uma beleza estonteante e seus poderes a deixaram absurdamente sexy. Mônica foi recrutada por ser atraída pela escuridão, por conseguir distinguir onde a corrupção humana impera soberana. Por isso ela é um trunfo que não pode ser descartado, apesar de saberem dos riscos que ela representa.
"E riu, um riso de menina mesmo. E diante daquela risada aparentemente tão inocente, nenhum membro da Comissão sequer sorriu. Alguns até tremeram, como se, subitamente, um velho gélido lhes subisse pelas costas." Pág. 6
foto de arquivo pessoal

No início do livro, Mônica e o agente Weltman estão prestando esclarecimento acerca de uma missão que não ocorreu da forma que fora ordenado pela Comissão dos Dragões.  Sabe-se que Mônica se transformou e perdeu o controle da missão. O alvo dessa missão era o senador mais corrupto do país, que os Dragões estavam investigando há um bom tempo. A missão não foi um caos total por conta do agente Weltman! É perceptível que há uma forte atração entre Mônica e Weltman e eles paqueram durante toda a história. A maioria do livro é o relato de Mônica acerca de tudo o que aconteceu na missão. Todo o livro é narrado em terceira pessoa e conhecemos sua personalidade bem peculiar, por conta da influência de seus poderes. Mônica se passa por uma hacker que, contratada pelo senador corrupto, deve invadir o sistema do Senado e manipular o resultado de uma votação a favor dos interesses dele. Todavia, uma reviravolta inesperada acarretará em um verdadeiro banho de sangue. 
"A rainha imortal, detentora de pressas assassinas, senhora do etéreo e da morte, do prazer e da dor, filha e representante do negro esquecimento. A noite era sua coroa!" Pág. 34
Como eu disse no início desta resenha, eu fiquei completamente hipnotizado pelo trecho que li no site do autor e foi inevitável não querer ler todo o livro! A escrita do autor é rebuscada e o uso que ele faz dos adjetivos é impressionante! A história flui num ritmo muito bom, os capítulos são no tamanho que não nos cansa e a descrição dos locais é muito bem feita. Os personagens são o grande ponto forte do livro. Com personalidades bem construídas e bem estruturadas nesse ambiente que envolve poder, ambição, planos e estratégias secretas. Mônica é absolutamente sexy, fascinante e exerce um verdadeiro frenesi sobre os personagens. A forma como ela age é bem compreensível ante seu passado de sofrimento. O agente Weltman é como uma ovelha no meio de lobos; pois ele conserva um senso de justiça e honestidade num cenário repleto de corrupção e traições. A paixão dele e Mônica é como um furacão que devasta tudo ao seu redor! 

E a forma com que o autor retratada o cenário político nacional se encaixa perfeitamente no nosso atual momento. A leitura nos faz refletir não apenas como a política afeta nossas vidas, mas também como agimos diante do lado sombrio de nossas personalidades! Em suma, este livro foi uma grata surpresa, por ser completamente viciante, bem escrito e com momentos de ação e reflexão na dose certa! Espero que vocês deem uma chance a Mônica Deveraux e ao autor. Segue link do site do autor, onde vocês podem ler o trecho inicial do livro, podem entrar em contato com ele e tem todas as informações sobre como comprar o livro físico (que tem uma capa linda!) ou em formato digital. É só clicar aqui. Até a próxima pessoal!
"Aquela absurda sensação tinha de ser algo que vinha dela, algum poder, algum dom terrível, que o fazia sentir aquele frenesi crescente de desejo, aquela ânsia incontrolável que precedia algum tipo orgástico de morte!" Pág. 91

2 comentários:

  1. Amei a capa e a resenha. Não gosto muito de livros que envolvem politica, mas amei esse livro pela sua resenha.
    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Michael! A política não é o foco principal sabe, então tenho certeza que Mônica pode te hipnotizar!... obrigado novamente :)

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.