[Resenha] - O Problema dos Três Corpos (Remembrance of Earth’s Past #1) - Cixin Liu

Título orginal : The Three Body Problem 
Editora : Suma de Letras
Gênero : Ficção Científica
Lançamento : Agosto de 2016
Número de Páginas : 320
Tradução : Leonardo Alves
ISBN : 9788556510204


foto de arquivo pessoal
Olá leitores! Vocês já imaginaram como pode se relacionar um jogo de realidade virtual, extraterrestres, Física Clássica e Física Moderna? Esses são alguns dos aspectos abordados em O Problema dos Três Corpos. Primeiro livro do chinês Cixin Liu, e também o primeiro de uma trilogia. O livro é narrado em terceira pessoa, abordando temas desde a década de 60 até os dias atuais. O autor nos insere dentro desse conturbado período da história da China, onde ocorreu a Revolução Cultural, implantada pelo presidente Mao Tsé - Tung. A Revolução consistiu em abolir qualquer prática relacionada com a cultura capitalista ocidental, principalmente a dos EUA; em todas as aéreas da sociedade, com foco na aérea acadêmica. Mas nos dias atuais, vários físicos(a) chineses tem desenvolvido estudos proeminentes na Física Moderna. Um desses cientistas e protagonista da nossa história é Wang Miao. Ele trabalha com nanomateriais, uma pesquisa totalmente inovadora, capaz de produzir um material extremamente forte e resistente. Um dia Miao é convidado para participar de uma reunião secreta do governo, que tem oficiais de outros países. Na reunião ele descobre que estão ocorrendo fatos inexplicáveis com cientistas ao redor do mundo, e a única ligação que existe entre tais cientistas era a filiação deles em uma organização mundial de acadêmicos. Movido pela curiosidade por respostas, ele contata tal organização e começa a espionar os membros. 
"Era impossível esperar um despertador moral da humanidade assim como era impossível esperar que os humanos movessem a Terra com seus próprios cabelos. O despertador moral exigia uma força externa à raça humana." Pág. 24
foto de arquivo pessoal
Miao percebe que não será capaz de extrair respostas facilmente, contudo existe algo em comum entre os membros que ele investiga : eles acessam a um jogo chamado Três Corpos. Para jogar é necessário vestir um traje especial de realidade virtual, que dá ao jogador as mais variadas sensações, seja de calor ou frio por exemplo. O jogo apresenta uma civilização extraterrestre que possui um planeta muito diferente do nosso. O primeiro objetivo do jogo é descobrir com exatidão o calendário climático do planeta. Eles passam por eras que não respeitam nenhuma regra da Física, sendo possível serem atingidos por qualquer catástrofe natural sem aviso prévio, que foram chamadas de eras caóticas. Há também as eras estáveis, quando o dia se desenrola como o nosso terrestre. Outro ponto interessante do jogo, é que a primeira vez que Miao acessou o jogo, o nível de conhecimento de tal planeta é comparável ao início da nossa Idade Média; e conforme ele acessava mais vezes o jogo, eles evoluem de uma forma muita parecida com a nossa. Os habitantes desse planeta tem a habilidade de se desidratar, fazendo com que seus corpos possam ser armazenados em segurança durante as eras caóticas, e podem se reidratar durante as eras estáveis. Miao fica fascinado com o jogo, e logo está tentando descobrir com todo afinco como prever tais eras. 
"[...] a humanidade teve sorte ao longo de toda sua história. Desde a Idade da Pedra até hoje, nunca aconteceu nenhuma crise de verdade. Tivemos sorte, muita sorte. Mas um dia isso teria que acabar. Vou mais longe : já acabou. Prepare - se para o pior." Pág. 57

O livro tem outro personagem como foco : Ye Wenjie. Ela é astrofísica, dotada de uma inteligência rara. Ela presenciou o sofrimento da sua família durante a Revolução Cultural quando era criança. Ao crescer ela começou a expressar suas opiniões contrárias ao governo, sofrendo punições severas. E foi através de uma dessas punições que ela foi descoberta por uma equipe de militares, engenheiros e astrofísicos que trabalhavam em uma operação extremamente sigilosa. Ela foi recrutada para trabalhar na chamada Base da Costa Vermelha. Após alguns anos realizando tarefas concernentes ao seu nível de conhecimento, ela adquiriu a confiança de seus superiores e foi apresentada ao real motivo da base existir : buscar a existência de seres extraterrestres e fazer contato com eles. O governo chinês tinha informações que os EUA e a União Soviética buscavam esse contato a alguns anos, e não quiseram ficar para trás. O primeiro país a fazer esse contato teria uma vantagem enorme sobre os outros. Ye é uma mulher muito reclusa, que alimenta um ódio gigante contra as atrocidades humanas; e após muito anos consegue mandar uma mensagem ao espaço e obtém uma resposta!
"O universo não era desolador. Não era vazio. Era cheio de vida! A humanidade havia dirigido seu olhar para os confins do universo, mas não fazia ideia de que a vida inteligente já existia nas estrelas mais próximas da Terra." Pág. 222

foto de arquivo pessoal
Não vou revelar mais nada, mas garanto a vocês que tem muita coisa interessante que ocorre após o contato com os extraterrestres do planeta Trissolaris! O problema dos três corpos é real, um problema da física em determinar os movimentos de três corpos que interagem entre si. O sistema solar de Trissolaris possui três sóis, o que causa as eras caóticas e estáveis. Confesso que o livro não é uma leitura das mais fáceis e leves. É preciso ter um certo conhecimento sobre Física para entender os muitos termos que o livro possui. É preciso também ter um certo conhecimento sobre como funciona os métodos científicos, teorias e análises. Como eu acompanho de certa forma pesquisas que aparecem na mídia sobre esses assuntos, li o livro com relativa facilidade. Fiquei fascinado como o autor soube inserir sua história no período mais conturbado da China, e como fez total sentido! Sempre fui um admirador do universo, e gosto muito de assuntos relacionados a isso, e como esse livro trouxe tanto conhecimento novo! Eu "devorei" o livro rapidamente. A forma que o autor uniu tantos aspectos diferentes de forma harmoniosa é surpreendente! Eu ficava me perguntando como um jogo online, astrofísicos, o governo, a polícia e extraterrestres poderiam fazer parte do mesmo livro, e como me surpreendi durante a leitura! Não tenho dúvida que no futuro O Problema dos Três Corpos será um clássico da ficção científica, e uma das trilogias mais aclamadas do gênero. Eu amo como a ficção científica une todos os aspectos inerentes ao homem, todas as aéreas do conhecimento de uma forma quase inacreditável. Nem preciso dizer que a expectativa para o segundo livro são as melhores possíveis! A diagramação é agradável, o livro possui uma lista de personagens e suas funções, o que é de grande ajuda. A capa transmite todo o mistério do livro, resumindo, uma obra completa. Não é por menos que o livro foi o vencedor em 2015 do Prêmio Hugo, que é um prêmio anual do gênero. A Suma merece todo mérito por estar trazendo os melhores e mais recentes livros do gênero. Por fim deixo mais uma bela citação :
"[...] a civilização humana era como uma pessoa jovem e inexperiente que, no caminhando sozinha pelo deserto do universo, descobriu a existência de um possível par romântico." Pág. 257   

2 comentários:

  1. Olá Gustavo!
    Sua resenha me lembrou como eu ia mal em física na escola. Era péssima, não entendia nada HUAHUA A premissa parece interessante para quem curte o gênero. Parece ser um daquele livros instigantes que te fazem pensar.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thalita!
      Confesso que quando comecei a estudar Física eu tive dificuldade, mas a Astrofísica mudou esse paradigma. Sim a premissa é ótima, e o livro superou minhas expectativas! E com certeza, o livro tais muitas reflexões sobre o comportamento da humanidade como um todo! Obrigado pela visita :) bjos

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.