[Resenha] - Um gato de rua chamado Bob - James Bowen


Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2016
Título Original: A street cat named Bob
Páginas: 208
ISBN: 978-85-8163-457-9

"Às vezes é preciso sete vidas para salvar uma."

James Bowen por muitos anos viveu nas ruas de Londres lutando contra a dependência química e tentando encontrar um meio de resolver a sua vida. Por causa de todos os problemas que possuía, a última coisa que ele acreditava precisar arrumar para si mesmo era um animal de estimação. Foi em uma época fria do ano, contudo, quando os sinais do inverno ainda se faziam presentes, que James encontrou um gato de rua laranja nos corredores do prédio em que residia. Por conviver com felinos por grande parte de sua vida, James resolve acolher o animal até ele estar forte novamente para voltar para sua vida nas ruas. 

Mas a medida que se passavam os dias, o pequeno felino laranja não parecia demonstrar sinais de que pretendia ir embora dali. Intrigado, James resolve deixar o gato ficar, até a hora que o mesmo decida seguir seu caminho. Porém, o pequeno "laranjinha" o seguia para todos os lados, a ponto de um laço muito forte começar a se formar entre eles e logo James e seu novo companheiro felino Bob são inseparáveis.

De onde Bob veio, James nunca soube, mas as mudanças que o gato causou na vida dele foram mais do que suficientes para fazê-lo ver que talvez Bob fosse a luz que sempre esteve esperando para conseguir escapar do mundo das drogas e retomar o rumo de sua vida.

"Deram-me um monte de oportunidades, às vezes a cada dia. Por um longo tempo, falhei em não agarrar nenhuma delas, mas depois, no início da primavera de 2007, isso finalmente começou a mudar. Foi quando fiz amizade com Bob."

Como amante dessas criaturas maravilhosas que são os gatos, estava me programando para encaixar este livro entre minhas leituras desde o primeiro semestre do ano passado. Fiquei muito feliz então, ao ter a oportunidade de recebê-lo de parceria com a editora e logo já me vi mergulhada em Londres, acompanhada desses dois amigos, um gato e seu humano, que por sinal são completamente apaixonantes. Como é possível perceber logo de primeira, o livro conta a história de vida do próprio autor em um momento em que estava tentando se reerguer após chegar ao seu limite pelo mundo das drogas. Sozinho na Inglaterra, sem nenhum parente que pudesse lhe ajudar, James não tinha muito senso de responsabilidade - até o aparecimento de Bob. O charme único que nosso adorável "laranjinha" possui e toda a sua inteligência descrita fazem de Bob um encanto. A narrativa deliciosa presente nas páginas do livro, mesclada às situações inusitadas que somente quem convive com um felino conhece, tornam esta obra uma preciosidade sem tamanho. 


"Tais atos espontâneos de generosidade não haviam exatamente feito parte da minha vida nos últimos anos. Atos aleatórios de violência, sim; de bondade, não. Foi uma das maiores mudanças que Bob trouxe consigo. Graças a ele, redescobri o lado bom da natureza humana. Havia começado a depositar minha confiança - e minha fé - nas pessoas novamente."


Contudo, nem tudo é um mar de rosas. Visto que a vida de James não estava muito bem encaminhada, o livro também nos mostra sob o ponto de vista de uma pessoa que já passou por tais situações, as dificuldades de ser um usuário de drogas, de viver nas ruas e de você tentar se reerguer após um período de escuridão. James nos conta as formas como tentou conseguir dinheiro para viver e todos os empecilhos que foram colocados em seu caminho, as injustiças, e principalmente a falta de amor ao próximo. 
"Um gato de rua chamado Bob" é mais do que um livro sobre um homem e seu animal de estimação, é um livro sobre duas almas que se encontraram e se conectaram de forma única, formando um laço de amizade e amor intenso, e assim para sempre irão ficar. Bob foi mais do que uma simples companhia para uma pessoa que não tinha ninguém, foi um anjo da guarda enviado na forma mais pura e verdadeira possível para guiar uma pessoa ao caminho certo na vida novamente. É um livro de onde podemos tirar ótimas lições de vida e que nos faz analisar a forma como estamos levando a nossa vida, se os caminhos pelos quais estamos seguindo valem realmente a pena. É uma história de amor tocante e delicada, para ser lida com o coração, por cada um de nós. 

2 comentários:

  1. Amei sua resenha e a foto, com seu gatíneo!
    Eu nem preciso dizer que amo esse livro, a história de amor entre o James e o Bob... Eu que sou amante de gatos fiquei muito emocionada.

    Beijinhos, Hel.
    leiturasegatices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hel!
      Não tem como não amá-los, não é?
      Me senti completamente encantada com a sintonia dos dois e quero muito ler os próximos livros do Bob! Não tem como não se apaixonar, são tantos momentos lindos <3

      Beijos!

      Excluir

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.