Uma antologia da literatura indígena - Mauricio Negro

Resultado de imagem para nós uma antologia da literatura indigena - companhia das letrasISBN-13: 9788574068640
ISBN-10: 8574068640
Ano: 2019 / Páginas: 128
Idioma: português

Editora: Companhia das Letrinhas

Sinopse

A menina Yacy-May era tão especial que fez com que o sol se apaixonasse por ela, deixando a lua enciumada. O peixe-boi surgiu a partir da união de Guaporé, filho do grande chefe dos peixes, com Panãby’piã, filha do governante dos Maraguá, e sinalizou a paz entre os humanos e os peixes. A velha misteriosa Pelenosamo tem um dia a casa invadida por uma garota curiosa, que resolve investigar o que ela fazia com os galhos secos que sempre levava recolhia e não dividia com ninguém. Essas são algumas prévias das histórias reunidas nesta antologia, contadas ou recontadas por escritores das nações indígenas Mebengôkre Kayapó, Saterê-Mawé, Maraguá, Pirá-Tapuya Waíkhana, Balatiponé Umutina, Desana, Guarani Mbyá, Krenak e Kurâ Bakairi.

Tratando dos mais diversos temas — dos mitos de origem às histórias de amor impossível —, as narrativas conduzem o leitor por situações e desenlaces muito próprios, sempre acompanhadas por um glossário e um texto informativo sobre o povo indígena de origem de cada autor. Esta é uma chance preciosa para todos aqueles que desejam entrar em contato com as raízes mais profundas de nossa cultura, ainda pouco valorizadas e respeitadas, por puro desconhecimento.

“As sociedades indígenas são movidas pela magia dos mitos – narrativas ancestrais que apresentam o nascimento do mundo, dos seres e dos homens. Ouvi-las, senti-las e lê-las é mergulhar em um infinito que nos une com o desconhecido”

Essa é uma postagem um pouco diferente! Esse não foi apenas um livro que eu li e vim trazer a resenha pra vocês. Esse livro eu trabalhei em sala de aula junto com meus alunos do 4º ano. A gente tava exatamente no capitulo sobre Lendas Indigenas quando ele chegou em casa e eu achei que seria um belo complemento de aula. E realmente foi!

O livro conta com 10 histórias de 10 autores diferentes das seguintes etnias brasileiras: Mebengôkre Kayapó, Saterê-Mawé, Maraguá, Pirá-Tapuya Waíkhana, Balatiponé Umutina, Desana, Guarani Mbyá, Krenak e Kurâ Bakairi.

Para que a gente pudesse conhecer e apreciar cada uma das histórias eu dividi meus alunos em 10 grupos, cada grupo seria responsavel por ler uma das histórias e fazer uma ilustração daquilo que imaginou ao ler cada uma delas. Depois disso, a gente fez uma pesquisa sobre as comunidades indigenas. 

As crianças adoraram as histórias, após os trabalhos sentamos juntos para ler cada uma e tirar duvidas de vocabulário que poderiam aparecer. Foi um trabalho de várias aulas mas que com certeza fizeram eles sentirem mais proximidade com o povo indigena.

Não pude colocar fotos nesse post porque não consegui a autorização dos responsáveis antes do final do ano letivo, mas fica a ideia para professores e pais, façam a leitura de histórias indigenas com seus alunos e filhos, mas principalmente, façam isso com histórias escritas por indigenas. Faz TODA a diferença. 


Nenhum comentário

Gostou do post? Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão! Volte sempre! :)

© Blog Leitura Virtual - Por Carol Mariotti - Todos os direitos reservado. Cópia proibida. Tecnologia do Blogger.